O QUE É SER IN­TE­LI­GEN­TE?

Segredos da Mente - - Editorial - Ri­car­do Pic­ci­na­to, edi­tor ri­car­do.pic­ci­na­to@as­tral.com.br

E stá aí um dos gran­des de­sa­fi­os pa­ra a ci­ên­cia. Afi­nal, pas­sa­mos mui­to tem­po sem uma de­fi­ni­ção pre­ci­sa so­bre es­sa ha­bi­li­da­de cog­ni­ti­va. Pa­ra o sen­so co­mum, per­du­ra a ideia de que ser in­te­li­gen­te é sa­ber de cor di­ver­sas fór­mu­las da fí­si­ca, da quí­mi­ca, da ma­te­má­ti­ca... Ou, en­tão, co­nhe­cer mui­to so­bre al­gum as­sun­to in­co­mum, por exem­plo, a re­pro­du­ção das pte­ri­dó­fi­tas. Vo­cê não sa­be o que é uma pte­ri­dó­fi­ta? Pois nem por is­so se­rá mais ou me­nos in­te­li­gen­te do que ou­tra pes­soa! As pte­ri­dó­fi­tas são um gru­po de plan­tas, e en­tre as mais co­nhe­ci­das es­tão as sa­mam­bai­as, as aven­cas e os xa­xins.

En­fim, a de­fi­ni­ção do que é ser in­te­li­gen­te con­sis­te em al­go com­ple­xo e tem en­vol­vi­do di­ver­sas áre­as do co­nhe­ci­men­to. Aliás, não exis­te ape­nas uma con­cep­ção so­bre es­se ter­mo. Além dis­so, uma te­o­ria re­cen­te diz que as pes­so­as po­dem apre­sen­tar múltiplas inteligências. Se­gun­do es­se con­cei­to, um fí­si­co pre­mi­a­do é tão in­te­li­gen­te quan­to um ha­bi­li­do­so jo­ga­dor de fu­te­bol.

Am­pli­an­do o le­que so­bre es­sa in­ves­ti­ga­ção, já fo­ram pro­pos­tos ou­tros dois ti­pos de in­te­li­gên­cia, co­mo a emocional, que re­co­nhe­ce a ha­bi­li­da­de de re­co­nhe­cer e li­dar com as emo­ções pró­pri­as e as dos ou­tros. Ain­da exis­tem con­cei­tos co­mo in­te­li­gên­cia ar­ti­fi­ci­al, ani­mal... Em SEGREDOS DA MENTE - SUPERINTELIGÊNCIA, va­mos a fun­do nes­se as­sun­to tão in­tri­gan­te. No de­cor­rer das me­lho­res ma­té­ri­as já pu­bli­ca­das, além dos as­sun­tos que já fa­la­mos, vo­cê irá des­co­brir al­gu­mas formas de tur­bi­nar a sua mente com ati­vi­da­des do dia a dia e 30 exer­cí­ci­os es­pe­cí­fi­cos. Tam­bém des­ven­da­mos al­guns mi­tos e ques­ti­o­na­men­tos - quem é mais in­te­li­gen­te: ho­mem ou mu­lher? Ou ain­da: exis­tem pes­so­as mais in­te­li­gen­tes do que ou­tras? Nes­sa bus­ca por co­nhe­ci­men­to, sem­pre me lem­bro de uma afir­ma­ção atri­buí­da ao fi­ló­so­fo Só­cra­tes. Mes­mo sen­do con­si­de­ra­do um dos ho­mens mais sá­bi­os de seu tem­po e um dos gran­des gê­ni­os da hu­ma­ni­da­de, o ate­ni­en­se te­ria um dia pro­fe­ri­do: “Só sei que na­da sei”. En­tão, em ca­da pá­gi­na a se­guir, de­se­jo que vo­cê te­nha a mente aber­ta pa­ra o no­vo. Com cer­te­za, de­pois des­sa lei­tu­ra, vo­cê se­rá al­guém mais in­te­li­gen­te.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.