Eu­ro­pa, Un­der Ar­mour

Sport Life - - TEST DRIVE -

Fel­li­pe Fran­co é edu­ca­dor fí­si­co, cor­re­dor e per­so­nal trai­ner Iné­di­to no Bra­sil, o Eu­ro­pa im­pres­si­o­nou por sa­nar pe­que­nas coi­sas que in­co­mo­dam o cor­re­dor du­ran­te os trei­nos mais lon­gos. A pri­mei­ra de­las é a lin­gue­ta do tê­nis do­brá­vel, que ofe­re­ce mí­ni­mo con­ta­to com a par­te fron­tal do tor­no­ze­lo que, até ho­je, na mi­nha am­pla ex­pe­ri­ên­cia com tê­nis, não ti­nha vis­to. O mo­de­lo tam­bém tem um ca­be­dal com pouquís­si­mas cos­tu­ras in­ter­nas. Quem cor­re, sa­be que de­pois de uma cer­ta qui­lo­me­tra­gem qual­quer coi­sa que in­co­mo­da se tor­na um pro­ble­mão. O fa­to de não pos­suir pal­mi­lha tam­bém tor­na o apoio do pé mais se­gu­ro e dá mais es­ta­bi­li­da­de. In­di­co o Eu­ro­pa pa­ra ini­ci­an­tes e corredores mais ex­pe­ri­en­tes. O ní­vel de amor­te­ci­men­to é al­to, sen­do ide­al tan­to pa­ra no­va­tos co­mo pa­ra quem cor­re há mais tem­po. A res­pos­ta de ve­lo­ci­da­de é mui­to boa, além de se man­ter ma­cio ao lon­go do per­cur­so. Im­por­tan­te di­zer que o Eu­ro­pa é um tê­nis pa­ra pi­sa­das neu­tra e pro­na­da.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.