Pre­po­si­ção

Superguia Enem - Português e Redação - - Sumário -

É a pa­la­vra in­va­riá­vel que li­ga dois ter­mos den­tro de uma ora­ção, su­bor­di­nan­do um ao ou­tro. Exem­plos: Cor­re­ram com me­do. Gri­ta­ram de sus­to. É um fil­me pa­ra cho­rar de rir.

Qu­an­do ocor­re a jun­ção de uma ou mais pre­po­si­ções pa­ra apre­sen­tar uma ideia úni­ca da­mos o no­me de lo­cu­ção pre­po­si­ti­va.

Al­guns exem­plos de lo­cu­ções pre­po­si­ti­vas: per­to de, por en­tre, acer­ca de, abai­xo de, a fim de, etc. Clas­si­fi­ca­ção das pre­po­si­ções Es­sen­ci­ais: qu­an­do fun­ci­o­nam sem­pre co­mo pre­po­si­ções.

Exem­plos: a, após, até, com, con­tra, an­te, de, des­de, pa­ra, por, sem, en­tre, em, sob, so­bre, trás.

Aci­den­tais: pa­la­vras de ou­tras clas­ses gra­ma­ti­cais que po­dem fun­ci­o­nar co­mo pre­po­si­ção.

Exem­plos: afo­ra, con­for­me, du­ran­te, ex­ce­to, sal­vo, se­gun­do, me­di­an­te.

Co­mo em­pre­gar as pre­po­si­ções? A pre­po­si­ção “de” po­de com­bi­nar ou se con­trair com ou­tras pa­la­vras.

Exem­plos: a + o = ao, a + on­de = aon­de, de + o = do, de + es­ta = des­ta, em + a = na.

As pre­po­si­ções po­dem es­ta­be­le­cer vá­ri­os ti­pos de re­la­ções en­tre os ter­mos que li­ga. Exem­plos: Veio de car­ro. (meio) Veio sem nin­guém (fal­ta ou au­sên­cia) Mo­ra­va em Ira­já. (lu­gar)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.