aos ami­gos!

Todateen - - Redação E Você -

Eu já me pe­guei com es­se pen­sa­men­to vá­ri­as ve­zes: co­mo me tor­nei ami­ga dos meus ami­gos? Mui­tos são do tra­ba­lho, da es­co­la, da fa­cul­da­de... Mas o mais im­por­tan­te é o mo­men­to em que vo­cê se dá con­ta da ami­za­de. Po­de ter si­do em um co­men­tá­rio irô­ni­co, em um olhar di­zen­do mui­to (mas que só o ami­go en­ten­de), em um “va­mos? Va­mos!”, em um ba­te-pa­po se­mi­doi­do, etc. É meio má­gi­co pen­sar que al­guém que vo­cê mal co­nhe­cia se tor­na es­sen­ci­al na sua vi­da e tão pre­sen­te quan­to al­guém da fa­mí­lia. Ami­gos são mes­mo a fa­mí­lia que a gen­te es­co­lhe, a fa­mí­lia que tra­ze­mos pra den­tro da nos­sa fa­mí­lia de san­gue. Por mais que a dis­tân­cia atra­pa­lhe no fu­tu­ro (é, mi­ga, vai acon­te­cer is­so ine­vi­ta­vel­men­te), ca­be a vo­cê (e a seu ami­go, ób­vio) pre­ser­var a má­gi­ca da re­la­ção, se­ja com vi­si­tas, WhatsApp, Sky­pe ou pom­bo cor­reio (brinks!). Es­co­lhi fa­lar dis­so por cau­sa da Tru­pe 20:07, uma das nos­sas ca­pas, e pe­los Brothers Ro­cha, ir­mãos que es­co­lhe­ram ser ami­gos. O trio é do ti­po par­cei­ro, sim, com zo­ei­ra tam­bém, as­sim co­mo os gê­me­os (to­tal idên­ti­cos, né?!). E eu acho es­se um do me­lhor ti­po de ami­go: os que fa­zem a gen­te rir. Uma ri­sa­da que só vo­cê e sua tur­ma en­ten­de é a me­lhor de to­das. Aque­la pi­a­da que vai exis­tir pra sem­pre en­tre vo­cês, mes­mo com o pas­sar do tem­po. En­tão, lei­to­ra, não se es­que­ça de rir mui­to aí com seus BFFs. Vão ser es­ses mo­men­tos que va­le­rão to­tal a pe­na!

Um bei­jo, me­lhor? tam­bém! Qu­er cli­ma Ri­sa­das, sim. Tra­ba­lho que é mui­to s2 fo­tos com a Tru­pe das Es­sa foi a ener­gia Bas­ti­do­res da edi­ção Fo­to:Pé­ro­laS­tein

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.