Já se rein­ven­tou ho­je?

Todateen - - Redação e você -

Po­de re­pa­rar em si mes­ma: vo­cê nun­ca es­tá igual. Is­so fi­ca mais fá­cil de per­ce­ber quan­do um bo­ca­do de anos se pas­sam. A Ma­ri­a­na aqui que lhes es­cre­ve, há uns cin­co anos ou mais, se pre­o­cu­pa­va ab­sur­do an­tes de as coi­sas acon­te­ce­rem (bei­jo, es­tres­se!) e só usa­va ba­tom ro­sa. A Ma­ri de ho­je ten­ta ser mais le­ve e me­nos en­ca­na­da e usa ba­tom nu­de, co­ral e ver­me­lho (ro­sa? Nem tan­to...). As mu­dan­ças são de al­ma ou de su­per­fí­cie, mas são re­ais e im­por­tan­tes pra gen­te se gos­tar e se acei­tar mais. Qu­em es­tá vi­vo es­tá mu­dan­do – até de opi­nião. E is­so é bem im­por­tan­te, ca­so con­trá­rio, fi­ca­ría­mos em uma bo­lha de nós mes­mos, ven­do sem­pre o mes­mo ti­po de sé­rie e fil­me e len­do li­vros de as­sun­tos pa­re­ci­dos (cha­ti­ce is­so). As três ca­pas da to­da­te­en re­pre­sen­tam bem a pa­la­vra MUDAR. Fe­li­pe Neto é o pri­mei­ro, que mo­di­fi­cou o te­or de ví­deo e vol­tou com tu­do pa­ra o seu ca­nal. Os ócu­los es­cu­ros saí­ram de ce­na pra en­trar um Fe­li­pe al­to-as­tral e fo­fi­nho (sim!). Ta­ci­e­le es­tá em sua pri­mei­ra ca­pa mo­re­na e com o Fer (aliás, a pri­mei­ra do ca­sal que a gen­te tan­to ad­mi­ra). Ela era lin­da loi­ra, mas mo­re­na fi­cou show tam­bém. E o que di­zer da La­ri?! A ga­ro­ta se trans­for­mou pa­ra Meus 15 Anos - O Fil­me: ca­be­lo cur­ti­nho e bem me­nos gla­mour! Aliás, di­ca de fil­me, a gen­te amou de­mais! En­tão, mo­ral des­sa edi­ção: saia da sua bo­lha e ex­pe­ri­men­te al­go no­vo. Um sa­bor de sor­ve­te di­fe­ren­tão ou uma no­va ver­são de si mes­ma!

Bei­jo,

Fo­to:Pé­ro­laS­tein

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.