Ex­clu­são de item re­duz o de­sem­bar­que pe­la me­ta­de

Valor Econômico - - BRASIL - (MW)

Sob o efei­to das mu­dan­ças no Re­pe­tro, o vo­lu­me de de­sem­bar­ques cres­ceu 8,1% de ja­nei­ro a agos­to em re­la­ção a igual pe­río­do de 2017 quan­do são ex­cluí­das as pla­ta­for­mas de pe­tró­leo, e não 15% (in­cluin­do es­ses equi­pa­men­tos), apon­ta o In­di­ca­dor de Co­mér­cio Ex­te­ri­or (Ico­mex) di­vul­ga­do on­tem pe­lo Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Eco­no­mia (Ibre/FGV).

No la­do das ex­por­ta­ções, o vo­lu­me cres­ceu 3,4% em igual pe­río­do com as pla­ta­for­mas. Sem es­ses equi­pa­men­tos, o cres­ci­men­to foi de ape­nas 0,6%. Os in­di­ca­do­res do Ibre me­dem a va­ri­a­ção de pre­ços e de vo­lu­mes nas im­por­ta­ções e ex­por­ta­ções.

A par­tir des­te mês o bo­le­tim do Ibre pas­sou a di­vul­gar ín­di­ces de co­mér­cio ex­te­ri­or com e sem as pla­ta­for­mas de pe­tró­leo. O ob­je­ti­vo, diz o bo­le­tim do Ico­mex, é es­cla­re­cer o de­sem­pe­nho do co­mér­cio ex­te­ri­or em re­la­ção aos efei­tos das mu­dan­ças do Re­pe­tro.

O bo­le­tim des­ta­ca que as mu­dan­ças do Re­pe­tro fi­ca­ram cla­ras nos da­dos do Mdic des­de fe­ve­rei­ro. Re­ti­ra­das as pla­ta­for­mas do cál­cu­lo, o cres­ci­men­to do vo­lu­me das im­por­ta­ções con­ti­nua su­pe­ran­do o das ex­por­ta­ções, mas cai a di­fe­ren­ça en­tre os dois. Com pla­ta­for­mas, a di­fe­ren­ça é de 11 pon­tos per­cen­tu­ais. Sem os equi­pa­men­tos, cai pa­ra 6,7 pon­tos.

O vo­lu­me ex­por­ta­do pe­la in­dús­tria de trans­for­ma­ção no acu­mu­la­do até agos­to na com­pa­ra­ção com o mes­mo pe­río­do de 2017 cres­ceu 2,9%. Sem as pla­ta­for­mas, po­rém, há re­cuo de 0,5%. A quan­ti­da­de em­bar­ca­da pe­lo se­tor agro­pe­cuá­rio su­biu 9,8% nos oi­to pri­mei­ros me­ses do ano. No mes­mo pe­río­do, o quan­tum ex­por­ta­do pe­la in­dús­tria ex­tra­ti­va re­cu­ou 1,3%.

Se­gun­do o bo­le­tim do Ibre, do la­do das im­por­ta­ções, a de­sa­gre­ga­ção por ca­te­go­ria de uso den­tro da in­dús­tria de trans­for­ma­ção mos­tra que o cres­ci­men­to é li­de­ra­do pe­los bens de ca­pi­tal, com al­ta de 78,8% no vo­lu­me de­sem­bar­ca­do no acu­mu­la­do até agos­to. Com a ex­clu­são das pla­ta­for­mas de pe­tró­leo, o cres­ci­men­to cai pa­ra 16,6%.

O Ibre des­ta­ca que to­das as ca­te­go­ri­as de uso da in­dús­tria de trans­for­ma­ção apre­sen­ta­ram va­ri­a­ções po­si­ti­vas na quan­ti­da­de im­por­ta­da de ja­nei­ro a agos­to. O bo­le­tim diz ain­da que a va­ri­a­ção nos ín­di­ces dos vo­lu­mes im­por­ta­dos de bens in­ter­me­diá­ri­os pe­la in­dús­tria é po­si­ti­va, mas não che­ga a 10%, o que é con­si­de­ra­do com­pa­tí­vel com o bai­xo ní­vel de ati­vi­da­de es­pe­ra­do pa­ra o ano, ao re­dor de 1,5%.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.