In­dús­tria co­bra pro­pos­tas de can­di­da­tos pa­ra se­tor

Seg­men­to vê pla­nos de go­ver­no su­per­fi­ci­ais e pe­de diá­lo­go

Valor Econômico - - BRASIL -

En­ti­da­des que reú­nem os mais di­ver­sos ra­mos da in­dús­tria bra­si­lei­ra en­vi­a­ram aos can­di­da­tos à Pre­si­dên­cia pro­pos­tas pa­ra re­cu­pe­rar e di­na­mi­zar o se­tor nos pró­xi­mos anos. As de­man­das, já bem co­nhe­ci­das, en­vol­vem a re­du­ção do cha­ma­do cus­to-Bra­sil, em que o car­ro-che­fe é a re­for­ma tri­bu­tá­ria, a re­vi­são de bar­rei­ras ta­ri­fá­ri­as e o in­cen­ti­vo à ino­va­ção por meio de li­nhas de fi­nan­ci­a­men­to. Is­so tu­do so­ma­do ao equi­lí­brio ma­cro­e­conô­mi­co: ajus­te fis­cal, ju­ros e in­fla­ção bai­xos.

Em con­tra­po­si­ção às de­man­das da in­dús­tria, os pro­gra­mas de go­ver­no dos dois can­di­da­tos que che­ga­ram ao se­gun­do tur­no são su­per­fi­ci­ais qu­an­to às po­lí­ti­cas pa­ra o se­tor. A ex­pec­ta­ti­va é que ago­ra as cam­pa­nhas se­jam mais pro­po­si­ti­vas.

“Es­pe­ra­mos que te­mas im­por­tan­tes da eco­no­mia, da in­dús­tria em es­pe­ci­al, apa­re­çam no de­ba­te”, diz Jú­lio Go­mes de Al­mei­da, di­re­tor-exe­cu­ti­vo do Ins­ti­tu­to de Es­tu­dos pa­ra o De­sen­vol­vi­men­to In­dus­tri­al (Ie­di). A en­ti­da­de en­tre­gou aos can­di­da­tos um do­cu­men­to de 300 pá­gi­nas que abor­da ino­va­ção, mo­der­ni­za­ção do par­que in­dus­tri­al e es­tí­mu­lo à ex­por­ta­ção, e os con­vi­dou pa­ra con­ver­sar.

Pa­ra Al­mei­da, é pre­ci­so uma po­lí­ti­ca de Es­ta­do pa­ra a in­dús­tria, um te­ma que ga­nhou for­ça no mun­do nos úl­ti­mos anos. “Um es­tu­do da Unc­tad [ór­gão da ONU] mos­tra que, de 101 paí­ses que ado­tam po­lí­ti­cas in­dus­tri­ais, 24 são de­sen­vol­vi­dos. A gran­de mai­o­ria des­sas po­lí­ti­cas foi for­mu­la­da nos úl­ti­mos cin­co anos. Ter es­tra­té­gia in­dus­tri­al é re­gra, não ex­ce­ção.”

Das pro­pos­tas dos can­di­da­tos co­nhe­ci­das até ago­ra há fa­to­res pre­o­cu­pan­tes de am­bos os la­dos, diz Humberto Bar­ba­to, pre­si­den­te da As­so­ci­a­ção Bra­si­lei­ra da In­dús­tria Elé­tri­ca e Ele­trô­ni­ca (Abi­nee). Ele ci­ta a ên­fa­se nas re­la­ções co­mer­ci­ais do cha­ma­do ei­xo SulSul pro­pos­ta por Fer­nan­do Had­dad, de um la­do, e a in­te­gra­ção do Mi­nis­té­rio da In­dús­tria e Co­mér­cio Ex­te­ri­or (Mdic) pe­lo su­per­mi­nis­té­rio da Eco­no­mia de Jair Bol­so­na­ro, por ou­tro.

A pro­pos­ta en­vi­a­da pe­la Abi­nee aos can­di­da­tos res­sal­ta a ne­ces­si­da­de de po­lí­ti­cas pa­ra pro­mo­ver a cha­ma­da in­dús­tria 4.0, fren­te em que o país es­tá atra­sa­do. “Pre­ci­sa­mos de uma po­lí­ti­ca de Es­ta­do fo­ca­da em ino­va­ção”, diz. Pa­ra Al­mei­da, do Ie­di, es­sa fa­se 4.0 vai re­po­si­ci­o­nar a dis­pu­ta in­dus­tri­al en­tre os paí­ses. “O mun­do es­tá in­ves­tin­do for­te nis­so e pre­ci­sa­mos acom­pa­nhar”.

Após de­cla­ra­ções de re­pre­sen­tan­tes da in­dús­tria de que a equi­pe de Bol­so­na­ro con­ver­sa mais com o mer­ca­do fi­nan­cei­ro que com a pro­du­ção, Had­dad afir­mou que seu mi­nis­tro da Fa­zen­da se­rá al­guém do se­tor pro­du­ti­vo, mas não deu mais de­ta­lhes.

Pa­ra Bar­ba­to, a ques­tão não é pri­mor­di­al: “O im­por­tan­te é a ca­pa­ci­da­de de diá­lo­go”. Pa­ra Al­mei­da, mais que um mi­nis­tro, o ide­al é que o go­ver­no to­do se ori­en­te pa­ra po­lí­ti­cas de es­tí­mu­lo à pro­du­ção.

A ques­tão tam­bém pas­sa ao lar­go das pre­o­cu­pa­ções do pre­si­den­te do Sin­dus­far­ma (in­dús­tria far­ma­cêu­ti­ca), Nel­son Mus­so­li­ni. “Pre­ci­sa­mos de diá­lo­go, in­ter­lo­cu­ção com o go­ver­no, in­de­pen­den­te­men­te se is­so vai ocor­rer com um mi­nis­tro ou um se­cre­tá­rio”. Ele es­pe­ra que o pró­xi­mo pre­si­den­te ata­que a ques­tão tri­bu­tá­ria nos pri­mei­ros 60 di­as de go­ver­no. O se­tor tam­bém pro­põe uma re­vi­são na re­gu­la­ção dos pre­ços do se­tor, sua prin­ci­pal de­man­da. “Is­so é fun­da­men­tal pa­ra que as em­pre­sas in­vis­tam”, afir­ma. En­tre as oi­to pro­pos­tas do Sin­dus­far­ma pa­ra o no­vo go­ver­no, du­as pe­dem a in­di­ca­ção de téc­ni­cos pa­ra co­man­dar o Mi­nis­té­rio da Saú­de, além da Agên­cia Na­ci­o­nal de Vi­gi­lân­cia Sa­ni­tá­ria (An­vi­sa) e da Agên­cia Na­ci­o­nal de Saú­de (ANS).

ANA PAU­LA PAI­VA/VA­LOR

Jú­lio Go­mes de Al­mei­da, do Ie­di: “Ter es­tra­té­gia in­dus­tri­al é re­gra, não ex­ce­ção”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.