PSL bus­ca pre­si­den­te da Câ­ma­ra ali­nha­do

Po­ten­ci­al lí­der do fu­tu­ro go­ver­no diz que co­man­do da Ca­sa pre­ci­sa ter diá­lo­go com a opo­si­ção

Valor Econômico - - POLÍTICA - Raphael Di Cun­to

A de­pu­ta­da fe­de­ral elei­ta Joi­ce Has­sel­mann (SP), po­ten­ci­al lí­der do PSL na Câ­ma­ra a par­tir do ano que vem, dis­se on­tem que o perfil ide­al pa­ra co­man­dar a Ca­sa no co­me­ço do go­ver­no Bol­so­na­ro de­ve­ria reu­nir três qua­li­da­des: ser uma ca­ra no­va, ter si­do ca­ci­fa­do pe­las ur­nas e pos­suir ex­pe­ri­ên­cia po­lí­ti­ca. “Mas não te­mos a pes­soa com es­se perfil, en­tão es­ta­mos ven­do a me­lhor so­lu­ção pos­sí­vel”, dis­se ao Va­lor PRO, ser­vi­ço de in­for­ma­ção em tem­po re­al do Va­lor.

Joi­ce já che­gou a afir­mar que re­e­le­ger o atu­al pre­si­den­te da Câ­ma­ra, Ro­dri­go Maia (DEM-RJ), pas­sa­ria a men­sa­gem er­ra­da so­bre o no­vo go­ver­no, mas ago­ra tem con­ver­sa­do com to­dos — es­te­ve com Maia du­as ve­zes des­de o fim da elei­ção — e diz que o im­por­tan­te é ele­ger pa­ra o co­man­do da Câ­ma­ra al­guém ali­nha­do com a agen­da do pre­si­den­te elei­to Jair Bol­so­na­ro.

O PSL, afir­mou o pre­si­den­te do par­ti­do, o deputado elei­to Lu­ci­a­no Bi­var (PE), de­sis­tiu da dis­pu­ta. “Es­se é um sen­ti­men­to que o Jair Bol­so­na­ro tem, de ga­ran­tir a go­ver­na­bi­li­da­de”, dis­se. O par­ti­do, que cres­ceu de 8 pa­ra 52 de­pu­ta­dos, es­pe­ra ser o mai­or da Câ­ma­ra com a fi­li­a­ção de ou­tros elei­tos até fe­ve­rei­ro. “Va­mos con­ver­sar com Maia e os ou­tros. É im­por­tan­te ter­mos um can­di­da­to com in­te­res­se de pau­tar as re­for­mas que o Bra­sil pre­ci­sa”, afir­mou.

Maia des­pon­ta co­mo fa­vo­ri­to na Câ­ma­ra pa­ra se re­e­le­ger por con­tar com a sim­pa­tia, tam­bém, dos par­ti­dos de opo­si­ção. Lí­de­res do blo­co que PSB, PC­doB e PDT ne­go­ci­am e in­di­cam nos bas­ti­do­res que a pre­fe­rên­cia é por ele. As­sim co­mo par­la­men­ta­res do PT, que pre­fe­rem ele­ger al­guém mais in­de­pen­den­te do que um pre­si­den­te com­ple­ta­men­te ali­nha­do com Bol­so­na­ro.

Ou­tros can­di­da­tos, con­tu­do, es­tão se lan­çan­do apos­tan­do na mu­dan­ça, co­mo o vi­ce-pre­si­den­te da Fren­te Par­la­men­tar do Agro­ne­gó­cio (FPA), Al­ceu Mo­rei­ra (MDBRS), o ex-pre­si­den­te da ban­ca­da evan­gé­li­ca João Cam­pos (PRBGO), o deputado ca­pi­tão Au­gus­to Ro­sa (PR-SP) e a pre­si­den­te do Po­de­mos, Re­na­ta Abreu (SP).

Na ava­li­a­ção de Joi­ce, é pre­ci­so ele­ger um pre­si­den­te que fa­le, in­clu­si­ve, com a opo­si­ção. Par­la­men­ta­res do PSL, co­mo o atu­al lí­der da si­gla na Câ­ma­ra e fi­lho do pre­si­den­te elei­to, o deputado Edu­ar­do Bol­so­na­ro (SP), já de­fen­de­ram que é ne­ces­sá­rio al­guém com perfil mais aguer­ri­do, pa­ra “tra­to­rar” a opo­si­ção por­que a es­quer­da ten­ta­rá de­ses­ta­bi­li­zar o go­ver­no.

“A cam­pa­nha pas­sou. Di­vir­jo fron­tal­men­te de tu­do o que o PT pen­sa, mas o PT tem vo­to. Cla­ro que pre­ci­sa­mos de um pre­si­den­te da Câ­ma­ra e até de um lí­der do go­ver­no com es­sa ma­le­a­bi­li­da­de”, dis­se a de­pu­ta­da elei­ta. “Va­mos ter que sen­tar nu­ma me­sa e con­ver­sar. Se não é mo­le­ca­gem, não po­de agir no Par­la­men­to com mo­le­ca­gem”, com­ple­tou.

A de­pu­ta­da, que re­ce­beu mais de um mi­lhão de vo­tos e já se lan­çou pa­ra li­de­rar o PSL em 2019, afir­mou que o prin­ci­pal é apro­var as re­for­mas. Ela de­fen­deu que par­te das mu­dan­ças na Pre­vi­dên­cia So­ci­al, co­mo a ida­de mí­ni­ma pa­ra apo­sen­ta­do­ria, já se­jam apro­va­das es­te ano pa­ra si­na­li­zar ao mer­ca­do o com­pro­mis­so com o ajus­te fis­cal do país.

Após con­ver­sar com de­pu­ta­dos re­e­lei­tos e não re­e­lei­tos, a opi­nião dela é que há uma mai­o­ria na Câ­ma­ra a fa­vor de apro­var a ida­de mí­ni­ma ain­da es­te ano. O pro­ble­ma se­ria o Se­na­do, on­de o pre­si­den­te, Eu­ní­cio Oli­vei­ra (MDB-CE), já avi­sou seguidas ve­zes que não pau­ta­rá o pro­je­to.

“Ele [Eu­ní­cio] es­tá ma­go­a­di­nho por­que não foi elei­to e não quer pau­tar na­da, mas ele não po­de se vin­gar da de­mis­são que te­ve nas ur­nas em ci­ma do po­vo bra­si­lei­ro. Ca­be ao pre­si­den­te Michel Temer e tam­bém ao pre­si­den­te Bol­so­na­ro cha­mar o Eu­ní­cio à re­a­li­da­de”, dis­se.

PE­DRO LA­DEI­RA/FO­LHA­PRESS — 16/10/2018

Joi­ce: “A cam­pa­nha pas­sou. Di­vir­jo do PT, mas o PT tem vo­to. Pre­ci­sa­mos de um pre­si­den­te da Câ­ma­ra com ma­le­a­bi­li­da­de”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.