Hon­da HR-V mu­da, mas man­tém o mes­mo mo­tor

Valor Econômico - - | ESPECIAL VALOR&AUTO - Ju­lio Ca­bral

O Hon­da HR-V pas­sou pe­la pri­mei­ra e mui­to dis­cre­ta mu­dan­ça no vi­su­al no mer­ca­do bra­si­lei­ro. Com as no­vi­da­des, vi­e­ram tam­bém pre­ços no­vos e mais sal­ga­dos. A par­tir de ago­ra, o SUV é ven­di­do na ver­são ini­ci­al por R$ 92.500, pas­san­do por R$ 98.700 na ver­são in­ter­me­diá­ria e che­gan­do a R$ 108.500. Ou se­ja: a ver­são ini­ci­al do mo­de­lo fi­cou R$ 2.300 mais ca­ra, se­gui­da por um au­men­to de R$ 1.600 na in­ter­me­diá­ria e de R$ 3 mil na to­po de li­nha.

Pre­sen­tes des­de a ver­são bá­si­ca LX, os re­to­ques ali­nha­ram o HR-V ao es­ti­lo ado­ta­do no ex­te­ri­or — a co­me­çar pe­los fa­róis su­bli­nha­dos por LEDs de ro­da­gem diur­na e do­ta­dos de ca­nhões pa­ra as lu­zes bai­xas. Res­pon­sá­vel pe­lo au­men­to no com­pri­men­to (4,33 me­tros con­tra 4,29 m), o pa­ra-choque ga­nhou en­tra­das de ar fal­sas mai­o­res e no­vas lu­zes de ne­bli­na.

O úni­co pon­to de es­tra­nhe­za foi a gra­de cro­ma­da, que po­de­ria ser mais pro­je­ta­da em no­me da agres­si­vi­da­de. A pe­ça do no­vo HR-V não tem o mes­mo es­ti­lo tri­di­men­si­o­nal dos de­mais Hon­da. Tí­mi­do em uma com­pa­ra­ção, o perfil se di­fe­ren­cia ape­nas pe­las ro­das com aros di­a­man­ta­dos so­bre fun­do es­cu­ro.

Con­ti­nu­an­do a vol­ta de 360 graus em di­re­ção à tra­sei­ra, as lan­ter­nas têm fi­le­tes de LED pa­re­ci­dos com os da an­ti­ga Tou­ring, mas com ele­men­tos di­fe­ren­tes e par­te in­fe­ri­or es­cu­re­ci­da. En­tre as no­vi­da­des vi­su­ais es­tá a no­va cor vis­ta nas fo­tos, cha­ma­da de Azul Cós­mi­co me­tá­li­co — o mar­rom foi des­con­ti­nu­a­do.

Por ora, só foi apre­sen­ta­do o mo­de­lo EXL e ne­nhum de­les tem pre­ço de­fi­ni­do. A to­po de li­nha Tou­ring se­rá re­ve­la­da pos­te­ri­or­men­te e tem mu­dan­ças que in­clu­em os fa­róis in­tei­ra­men­te de LED. Apa­ren­te­men­te, nem ela te­rá o mo­tor 1.5 Tur­bo do Ci­vic; o 1.8 as­pi­ra­do de 139/140 cv foi man­ti­do.

Por den­tro, o con­so­le flu­tu­an­te vem no tom pre­to pi­a­no e, abai­xo de­le, a en­tra­da HDMI foi su­pri­mi­da pa­ra dar lu­gar a mais uma USB no EXL. A cen­tral mul­ti­mí­dia sen­sí­vel ao to­que pas­sa a ter com­pa­ti­bi­li­da­de com An­droid Au­to e Ap­ple CarP­lay. Já o LX e o EX têm sis­te­ma de som con­ven­ci­o­nal de 5 po­le­ga­das.

Os ban­cos ga­nha­ram apoi­os mais ele­va­dos pa­ra as co­xas, coi­sa de 1,5 cm pa­ra im­pe­dir que o cor­po es­cor­re­gue pa­ra a fren­te. Da mes­ma ma­nei­ra, as abas la­te­rais são mai­o­res e en­vol­ven­tes. Os re­ves­ti­men­tos mu­da­ram e têm mais re­quin­te, com cos­tu­ras apa­ren­tes.

Se não mu­dou o 1.8, a Hon­da al­te­rou o câm­bio CVT. Mais bem es­ca­lo­na­das, as mar­chas vir­tu­ais ago­ra man­têm o gi­ro lá em ci­ma por me­nos tem­po no au­to­má­ti­co pa­ra me­lho­rar a su­a­vi­da­de. Co­mo o tor­que máximo che­ga tar­de (5.000 rpm), qu­al­quer mu­dan­ça pa­ra evi­tar que o mo­tor gri­te agu­da­men­te é bem-vin­da. Se vo­cê qui­ser, há pas­sa­gens manuais por bor­bo­le­tas ins­ta­la­das atrás do vo­lan­te.

A sus­pen­são foi igual­men­te re­vi­sa­da e pas­sou a usar amor­te­ce­do­res com ba­ten­te hi­dráu­li­co, da­que­les que não dão tran­cos de fi­nal de cur­so com fa­ci­li­da­de. O cui­da­do com o con­for­to se re­pe­te na ins­ta­la­ção de mais ma­te­ri­ais ca­pa­zes de ab­sor­ver o som na pa­re­de cor­ta-fo­go (en­tre o mo­tor e a ca­bi­ne), no as­so­a­lho, no pi­so do por­ta-ma­las e nas por­tas.

O se­não é que es­sas mu­dan­ças só va­lem do EXL pa­ra ci­ma. A con­fi­gu­ra­ção ga­nhou air­bags do ti­po cor­ti­na, an­tes res­tri­tos ao Tou­ring. A lis­ta de sé­rie in­clui ain­da ar-con­di­ci­o­na­do di­gi­tal, re­ves­ti­men­tos de cou­ro, re­tro­vi­so­res re­ba­tí­veis ele­tri­ca­men­te e acen­di­men­to au­to­má­ti­co dos fa­róis, en­tre ou­tros equi­pa­men­tos.

DI­VUL­GA­ÇÃO

Mo­de­lo ga­nhou re­to­ques de es­ti­lo, re­a­jus­te de sus­pen­são e ban­cos pa­ra fi­car mais con­for­tá­vel; pre­ços su­bi­ram até R$ 3 mil

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.