GD LIVRAÇÃO FO­RA DA TA­ÇA APÓS SO­FRER GO­LE­A­DA

A Verdade - - PRIMEIRA PÁGINA -

GD LIVRAÇÃO, 2 - SOBROSA, 2 O Livração re­ce­beu na pri­mei­ra jor­na­da o Sobrosa, um jo­go em que en­trou mal, mas re­cu­pe­rou de­pois de es­tar a per­der por du­as bo­las a ze­ro. “Há al­tu­ras em que o in­ter­va­lo é útil, e ho­je foi um dia des­ses, fiz ver aos jo­ga­do­res que es­tá­va­mos com­ple­ta­men­te de­sor­ga­ni­za­dos den­tro do cam­po. Eles en­ten­de­ram is­so na per­fei­ção e a se­gun­da par­te foi com­ple­ta­men­te do­mi­na­da pe­la equi­pa do Livração”, sa­li­en­tou Rui Bar­ro­so, trei­na­dor da equi­pa.

RIO DE MOI­NHOS, 5 - LIVRAÇÃO,0

Na se­gun­da jor­na­da, o Livração des­lo­cou-se a ca­sa do Rio Moi­nhos, on­de foi go­le­a­do com cin­co bo­las a ze­ro. “Foi uma par­ti­da em que as coi­sas nos cor­re­ram bem, ti­ve­mos a sor­te do jo­go e con­se­gui­mos ter um boa vi­tó­ria”, re­fe­riu o téc­ni­co do Rio de Moi­nhos. Já o téc­ni­co do Livração ex­pli­cou que, até fa­to­res ex­ter­nos in­ter­vi­rem no jo­go, a sua equi­pa es­ta­va a ‘ba­ter-se’ bem com o Rio de Moi­nhos. “Cri­a­mos con­di­ções até pa­ra em­pa­tar o jo­go. Os jo­ga­do­res que en­tra­ram es­ta­vam a cum­prir na ín­te­gra, mas de­pois ti­ve­mos du­as ex­pul­sões e dois pe­nál­tis, e aí, o jo­go ter­mi­nou”, sa­li­en­tou Rui Bar­ro­so.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.