SEAT Le­on Cu­pra

Jun­ta pres­ta­ções de al­to ní­vel com atri­bu­tos fa­mi­li­a­res e, gra­ças aos di­fe­ren­tes mo­dos de con­du­ção, a sua per­so­na­li­da­de va­ria qua­se da noi­te pa­ra o dia. O Le­on Cu­pra ‘exis­te’ pa­ra quem de­se­ja emo­ções for­tes sem ab­di­car da ra­ci­o­na­li­da­de de uma uti­li­za­ção q

Altagama Motor (Portugal) - - Sumário -

Ima­gi­ne que se en­con­tra­va em fa­se de ad­qui­rir um car­ro no­vo. A vi­da cor­re-lhe bem e, gra­ças a is­so, con­se­guiu es­ta­be­le­cer um bom or­ça­men­to pa­ra a sua no­va aqui­si­ção. No en­tan­to, can­sa­do dos en­fa­do­nhos fa­mi­li­a­res, pro­cu­ra al­go com ‘mús­cu­lo’, até por­que con­du­zir é um dos seus pra­ze­res e pres­ta­ções de al­to ní­vel, em­pa­re­lha­das com um com­por­ta­men­to di­nâ­mi­co de re­fe­rên­cia, são al­go que há mui­to de­se­ja. O pro­ble­ma é co­mo con­ven­cer a ‘ca­ra-me­ta­de’ de que um car­ro as­sim é o que a fa­mí­lia pre­ci­sa nes­te mo­men­to, até por­que há que ter em mente o trans­por­te das cri­an­ças à es­co­la e as fé­ri­as de fa­mí­lia, com to­da a ba­ga­gem que is­so im­pli­ca. O ide­al se­ria um mo­de­lo que con­se­guis­se jun­tar to­dos es­tes atri­bu­tos. O ide­al se­ria al­go co­mo o SEAT Le­on Cu­pra.

À pri­mei­ra vis­ta, es­te Cu­pra pa­re­ce ape­nas pre­en­cher os re­qui­si­tos em ter­mos de per­for­man­ces, uma vez que, se pen­sar­mos uni­ca­men­te nos 300 CV do 2.0 li­tros tur­bo, ima­gi­na­mos que nos sen­ti­re­mos cons­tan­te­men­te co­mo pi­lo­tos do WTCR. No en­tan­to, gra­ças à cai­xa DSG de seis ve­lo­ci­da­des e aos qua­tro mo­dos de con­du­ção pas­sí­veis de se­rem se­le­ci­o­na­dos, es­te mo­de­lo po­de ser, con­for­me o de­se­jo de con­du­tor, um de­vo­ra­dor de as­fal­to ou um (qua­se) anó­ni­mo fa­mi­li­ar.

Es­pí­ri­to po­li­va­len­te

Quan­do che­gar a di­ta al­tu­ra de le­var as cri­an­ças à es­co­la, bas­ta es­co­lher o mo­do Con­fort de en-

Os 300 CV pro­por­ci­o­nam 5,7 s de 0-100 km/h e 250 km/h de ve­lo­ci­da­de má­xi­ma

tre os qua­tro dis­po­ní­veis – jun­tam-se ain­da o Sport, o Cu­pra e o mo­do per­so­na­li­zá­vel. Es­tes pro­gra­mas al­te­ram o fun­ci­o­na­men­to/res­pos­ta da cai­xa DSG, a sen­si­bi­li­da­de do ace­le­ra­dor e da di­re­ção, as­sim co­mo a fir­me­za da sus­pen­são. Em Con­fort, a su­a­vi­da­de é a pa­la­vra de or­dem. A sus­pen­são fi­ca mais su­a­ve, se bem que quan­do se pas­sa so­bre ir­re­gu­la­ri­da­des mais pro­nun­ci­a­das es­ta pa­re­ça ser al­go se­ca. Com jan­tes de 19” e pneus de bai­xo per­fil não se po­de­ria pe­dir mi­la­gres, mas, na mai­o­ria das si­tu­a­ções, é bas­tan­te agra­dá- vel de con­du­zir a rit­mos mo­de­ra­dos. A cai­xa DSG é exí­mia no ti­ming das tro­cas de mu­dan­ça, quer em des­mul­ti­pli­ca­ção, quer em re­du­ções, e a di­re­ção le­ve q.b., sem dei­xar de ser co­mu­ni­ca­ti­va e pre­ci­sa. Mas o que mais atrai nes­ta con­fi­gu­ra­ção é o des­con­cer­tan­te à-von­ta­de com que man­te­mos rit­mos vi­vos/des­con­traí­dos. A pro­gres­são é efe­tu­a­da sem o me­nor es­for­ço e com uma su­a­vi­da­de no­tá­vel, aju­da­da pe­la dis­cri­ção da DSG nas pas­sa­gens de cai­xa.

Uma vez as cri­an­ças na es­co­la, che­ga a al­tu­ra de dei­xar o dia- bi­nho por ci­ma do om­bro di­tar a mu­dan­ça pa­ra o mo­do Sport. Co­mo se­ria de es­pe­rar, as coi­sas mu­dam um pou­co de fi­gu­ra: a di­re­ção ga­nha um ‘pe­so’ adi­ci­o­nal, a sus­pen­são fi­ca mais só­li­da e a cai­xa DSG ex­plo­ra mais a fai­xa de ro­ta­ções dis­po­ní­vel. A so­no­ri­da­de do es­ca­pe fi­ca, igual­men­te, al­go mais rou­ca, pro­vi­den­ci­an­do um bem-vin­do ex­tra. Con­tu­do, te­mos que re­co­nhe­cer que o mo­do Cu­pra cha­ma­va por nós, pe­lo que de­ci­di­mos que a uti­li­za­ção do Le­on se­ria um ‘tu­do ou na­da’. E aqui, o pi­lo­to em nós vê che­ga­da a sua ho­ra.

Tem­pe­ra­men­to la­ti­no

As­sim que se­le­ci­o­na­mos es­te mo­do de fun­ci­o­na­men­to, o ra­len­ti so­be pa­ra um pou­co aci­ma das 1.000 rpm, mos­tran­do que ago­ra as coi­sas fi­ca­ram mais sé­ri­as, ao mes­mo tem­po que a so­no­ri­da­de do es­ca­pe tor­na-se ain­da mais rou­ca. Di­re­ção e sus­pen­são as­su­mem os seus set­tings mais des­por­ti­vos e a cai­xa DSG pre­pa­ra­se pa­ra ex­plo­rar o po­ten­ci­al do 2.0 TSI ao li­mi­te. Sen­ti­mo-nos um pou­co co­mo que a pre­pa­rar o lan­ça­men­to do vai-vem es­pa­ci­al. E a ace­le­ra­ção po­de equi­pa­rar-se qua­se a is­so, com uma res-

O ha­bi­tá­cu­lo apre­sen­ta uma boa qua­li­da­de de cons­tru­ção e en­con­tra-se re­ple­to de tec­no­lo­gia, se bem que al­guns itens se­jam op­ci­o­nais

sal­va: o pi­so tem que es­tar se­co. O Le­on Cu­pra vem cal­ça­do com Mi­che­lin Pi­lot Sport Cup 2, ex­ce­len­tes pa­ra uti­li­za­ção em pis­ta ou es­tra­das si­nu­o­sas… com o pi­so se­co. In­fe­liz­men­te, São Pe­dro foi pou­co colaborador nes­te ensaio e ‘re­gou-o’ bas­tan­te. Nes­ta si­tu­a­ção, es­tes pneu­má­ti­cos re­ve­lam-se in­ca­pa­zes de li­dar com o vir­tu­o­sis­mo do Le­on. As per­das de mo­tri­ci­da­de são uma cons­tan­te, quer em in­ser­ção em cur­va, quer em ace­le­ra­ção, sen­do que as ro­das po­dem pa­ti­nar até em quar­ta ve­lo­ci­da­de. As tra­va­gens alon­gam-se igual­men­te, for­çan­do o ABS a ho­ras ex­tra­or­di- ná­ri­as. De In­ver­no, a es­co­lha de uns pneu­má­ti­cos es­pe­cí­fi­cos pa­ra es­tas con­di­ções tor­na-se num must. Fe­liz­men­te, con­se­gui­mos en­con­trar al­gu­mas cur­vas se­cas e, aqui, o ca­so mu­da de fi­gu­ra, com o mais ra­di­cal dos Le­on a re­ve­lar to­do a sua gló­ria.

As ve­lo­ci­da­des de pas­sa­gem em cur­va che­gam a ser des­con­cer­tan­tes, com o mo­de­lo es­pa­nhol a apre­sen­tar um pi­sar fir­me e a mos­trar que as qua­tro ro­das es­tão a agar­rar fir­me­men­te o as­fal­to. A tra­sei­ra se­gue fi­el­men­te a fren­te e se o as­fal­to pro­por­ci­o­nar boa ade­rên­cia, não há se­quer si­nais de sub­vi­ra­gem. Com os Pi- lot Sport Cup 2 é pre­ci­so exa­ge­rar ver­da­dei­ra­men­te pa­ra ten­tar se­quer per­der a com­pos­tu­ra em cur­va. É um pra­zer sal­tar de cur­va em cur­va, acom­pa­nha­dos pe­la ban­da so­no­ra do es­ca­pe e as su­as pe­que­nas ‘ex­plo­sões’ a ca­da pas­sa­gem de cai­xa. As pa­ti­lhas de con­tro­lo da DSG, co­lo­ca­das no vo­lan­te, per­mi­tem to­tal con­cen­tra­ção na con­du­ção – em­bo­ra tam­bém se pos­sa re­cor­rer ao se­le­tor da cai­xa – e as pas­sa­gens de re­la­ção são qua­se ins­tan­tâ­ne­as. Os tra­vões são in­can­sá­veis e ex­tre­ma­men­te po­ten­tes, con­fe­ri­do uma ele­va­da do­se de con­fi­an­ça. Em­bo­ra de for­ma me­nos evi­den­te que no mo­lha­do, as per­das de mo­tri­ci­da­de em ace­le­ra­ção con­ti­nu­am pre­sen­tes, mas as­sim que os Mi­che­lin fir­mam as gar­ras no as­fal­to pa­re­ce ver­da­dei­ra­men­te que es­ta­mos a des­co­lar

O in­te­ri­or apre­sen­ta di­ver­sos de­ta­lhes a imi­tar fi­bra de car­bo­no, dos ban­cos e por­tas ao pai­nel de ins­tru­men­tos e ecrã do sis­te­ma mul­ti­mé­dia

No pi­so se­co, o SEAT Le­on Cu­pra re­ve­la-se ca­paz de pres­ta­ções de ele­va­do ga­ba­ri­to

ru­mo a ou­tra di­men­são. Nes­tas con­di­ções é ex­tre­ma­men­te vi­ci­an­te con­du­zir o Le­on, e é aqui que da­mos por bem em­pre­gue o tem­po que pas­sá­mos a con­ven­cer a nos­sa ‘ca­ra-me­ta­de’ de que es­ta era a apos­ta cer­ta pa­ra a fa­mí­lia. Ape­nas um pe­que­no aler­ta: ha­bi­tue-se a ter con­du­to­res de mo­de­los a ga­só­leo – mai­o­ri­ta­ri­a­men­te ale­mães – a de­sa­fi­a­rem as ca­pa­ci­da­des do Le­on Cu­pra.

Pe­dro Do­min­gues Pau­lo Ca­lis­to

As ma­xi­las com as­si­na­tu­ra Brem­bo são um ga­ran­te de ex­ce­len­te ca­pa­ci­da­de de tra­va­gem Os fa­róis e fa­ro­lins full LED são de sé­rie e pro­por­ci­o­nam uma ex­ce­len­te vi­si­bi­li­da­de

Pai­nel de ins­tru­men­tos com ma­nó­me­tros ‘a sé­rio’ (ana­ló­gi­cos), bem ao nos­so gos­to A cai­xa DSG é uma das mais-va­li­as, com uma com­pe­tên­cia di­fí­cil de igua­lar Os qua­tro mo­dos de afi­na­ção: Con­fort, Sport, Cu­pra e per­so­na­li­zá­vel

O ecrã tá­til do sis­te­ma mul­ti­mé­dia per­mi­te con­tro­lar uma pa­nó­plia de apli­ca­ções

A ha­bi­ta­bi­li­da­de é de bom ní­vel, tan­to à fren­te co­mo atrás. As ex­ce­len­tes bac­quets com as­si­na­tu­ra Cu­pra em pe­le e al­cân­ta­ra são um opcional de €1.189 e con­tam com aque­ci­men­to. A ba­ga­gei­ra apre­sen­ta 380 li­tros de ca­pa­ci­da­de

PR EÇO : 46.050t SEAT Le­on 2.0 TSI Cu­pra DSG 6v S&S

2.631 mm 4.281 mm 1.435 mm

1.816 mm

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.