An­te­vi­são le­xus

A Le­xus vai lan­çar-se no seg­men­to dos SUV cou­pé-com­pac­tos. A no­va cri­a­ção trans­pi­ra qua­li­da­de, efi­ci­ên­cia e de­sign ar­ro­ja­do pa­ra en­fren­tar ri­vais co­mo o BMW X2, Mer­ce­des GLA e Ran­ge Ro­ver Evo­que.

Altagama Motor (Portugal) - - Sumário -

A Le­xus es­tá tão con­fi­an­te nas su­as ca­pa­ci­da­des que, além de lan­çar uma ofen­si­va à clas­se dos SUV com­pac­tos com o UX, vai aven­tu­rar-se no ex­clu­si­vo ne­gó­cio dos ia­tes de lu­xo

Amar­ca de lu­xo da Toyo­ta alar­ga ho­ri­zon­tes com um no­vo SUV com­pac­to. O UX exi­be um es­ti­lo cou­pé e tem 4,49 me­tros de com­pri­men­to, 1,84 de lar­gu­ra e 1,52 de lar­gu­ra, si­tu­an­do-se abai­xo do já co­nhe­ci­do NX 300h. Fa­ce a es­tas di­men­sões, po­si­ci­o­na-se co­mo ri­val di­re­to de mo­de­los co­mo Au­di Q3, BMW X1/X2, Ja­guar E-pa­ce, Mer­ce­des-benz GLA e Vol­vo XC40. O seu de­sign es­tá con­di­ci­o­na­do pe­la ae­ro­di­nâ­mi­ca, o que faz com que as óti­cas tra­sei­ras se­jam um ele­men­to de­ter­mi­nan­te no flu­xo de ar. Le­xus dá-lhes o no­me de óti­cas ae­ro­es­ta­bi­li­za­do­ras, in­cor­po­ran­do alhe­tas pa­ra mai­or efi­cá­cia. Es­te por­me­nor es­tá com­bi­na­do com ar­cos de ro­da mais pla­nos e jan­tes de gran­de di­â­me­tro, o que, em con­jun­to com uma si­lhu­e­ta bem es­cul­pi­da, pro­cu­ra re­du­zir a re­sis­tên­cia ao ar.

Am­bi­en­te fu­tu­ris­ta

No ha­bi­tá­cu­lo o UX es­tá re­ves­ti­do de ma­te­ri­ais de ele­va­da qua­li­da­de e aca­ba­men­tos e fi­xa­ções bem cui­da­dos, equi­pa­ran­do-se, nes­ta ma­té­ria, aos seus ir­mãos LC e LS. A sua dis­tân­cia en­tre ei­xos de 2,64 me­tros e os 87 cm que de­cla­ra de com­pri­men­to pa­ra as per­nas de quem vi­a­ja no ban­co tra­sei­ro fa­zem de­le um dos mais es­pa­ço­sos mo­de­los da sua clas­se. Quan­to à ba­ga­gei­ra, a mar­ca ni­pó­ni­ca não anun­cia a vo­lu­me­tria, ape­nas o com­pri­men­to: 79 cm.

Nos lu­ga­res di­an­tei­ros, o ta­bli­er é do­mi­na­do por um ecrã tá­til de 10,1 po­le­ga­das, que es­tá as­so­ci­a­do a um tou­ch­pad so­bre a con­so­la, que foi me­lho­ra­do em sen­si­bi­li­da­de. Di­an­te dos olhos do con­du­tor, o pai­nel de ins­tru­men­tos é to­tal­men­te di­gi­tal e con­fi­gu­rá­vel e, tal co­mo no cou­pé LC, dis­põe de ro­tor pa­ra con­tro­lo dos mo­dos de con­du­ção na la­te­ral do qua­dro de ins­tru­men­tos. Além dos co­man­dos da cli­ma­ti­za­ção e do aque­ci­men­to de ban­cos, tu­do con­cen­tra­do no pai­nel cen­tral, o con­du­tor

O no­vo UX es­treia uma no­va uni­da­de mo­triz hí­bri­da que de­sen­vol­ve uma po­tên­cia con­jun­ta de 178 CV

dis­põe de mais al­guns co­mu­ta­do­res do la­do es­quer­do do vo­lan­te – pa­ra o He­ad-up Dis­play e aju­das ele­tró­ni­cas –, de for­ma a li­ber­tar to­da a área jun­to ao se­le­tor da cai­xa de bo­tões e co­man­dos se­cun­dá­ri­os.

No cam­po da me­câ­ni­ca, o UX inau­gu­ra uma no­va pla­ta­for­ma mo­du­lar GA-C, mais le­ve e rí­gi­da, o mes­mo acon­te­cen­do com a sua uni­da­de mo­triz. O iné­di­to sis­te­ma hí­bri­do 250h é com­pos­to por um mo­tor tér­mi­co de qua­tro ci­lin­dros e 2,0 li­tros de ca­pa­ci­da­de, aco­pla­do a uma uni­da­de elé­tri­ca e uma trans­mis­são de va­ri­a­ção con­tí­nua ECVT, co­mo não po­dia dei­xar de ser… O ren­di­men­to glo­bal con­jun­to é de 178 CV.

Até ao mo­men­to, a Le­xus não anun­ci­ou va­lo­res de au­to­no­mia elé­tri­ca nem tão pou­co de ca­pa­ci­da­de da ba­te­ria de ní­quel. A no­vi­da­de nes­te cam­po é que a ba­te­ria é de di­men­sões re­du­zi­das e es­tá equi­pa­da com um sis­te­ma de re­fri­ge­ra­ção mais efi­ci­en­te, de for­ma a man­ter ní­veis de car­ga mais cons­tan­tes. Es­tá si­tu­a­da sob o ban­co tra­sei­ro, o que evi­ta pe­na­li­zar a ca­pa­ci­da­de da ba­ga- gei­ra, oti­mi­zan­do igual­men­te o cen­tro de gra­vi­da­de do UX.

Ain­da no ca­pí­tu­lo da me­câ­ni­ca, e no que res­pei­ta ao chas­sis, es­te SUV cou­pé te­rá di­re­ção elé­tri­ca, pa­ra me­lhor sin­cro­ni­za­ção com dis­po­si­ti­vos ele­tró­ni­cos de aju­da à con­du­ção, po­den­do mon­tar sus­pen­são de amor­te­ci­men­to va­riá­vel em op­ção. Te­rá ain­da a pos­si­bi­li­da­de de dis­por de tra­ção in- te­gral E-FOUR, que em fun­ção das con­di­ções de cir­cu­la­ção po­de­rá en­vi­ar até 80% do bi­ná­rio pa­ra as ro­das do ei­xo pos­te­ri­or.

Na van­guar­da

Co­mo é ca­rac­te­rís­ti­co dos mo­de­los do cons­tru­tor ja­po­nês, a se­gu­ran­ça se­rá um dos pi­la­res des­te no­vo UX, que es­ta­rá equi­pa­do com o Le­xus Sa­fety Sys­tem+. A par de ou­tros dis­po­si­ti­vos, es­te con­cen­tra­do de tec­no­lo­gia te­rá uma fun­ção pré-co­li­são, con­se­guin­do, a ve­lo­ci­da­des re­du­zi­das, re­co­nhe­cer ci­clis­tas e peões, mes­mo em con­di­ções de cir­cu­la­ção no­tur­na.

O UX de­ve­rá fa­zer a sua es­treia no ou­to­no, com as pri­mei­ras uni­da­des pre­vis­tas pa­ra che­gar ao nos­so mer­ca­do no iní­cio do 2019.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.