DS 7 Cros­s­back 225

A no­va me­câ­ni­ca a ga­so­li­na na ga­ma do ex­clu­si­vo DS 7 Cros­s­back es­tá à al­tu­ra das ex­pec­ta­ti­vas. Com 225 CV, con­ju­ga uma res­pos­ta pro­gres­si­va com pres­ta­ções e con­su­mos mui­to con­vin­cen­tes. Eis uma al­ter­na­ti­va ao Di­e­sel a ter em con­ta.

Altagama Motor (Portugal) - - Editorial -

Pas­so a pas­so, a ga­ma do ex­clu­si­vo DS 7 Cros­s­back vai sen­do en­ri­que­ci­da até à che­ga­da do hí­bri­do plug-in de 300 CV, pre­vis­to pa­ra 2019. Pri­mei­ro foi a vez dos mo­to­res Di­e­sel Blu­eh­di 1.5 e 2.0, de 130 CV e 180 CV, res­pe­ti­va­men­te, e em bre­ve irá che­gar a op­ção ga­so­li­na 1.6 Pu­re­te­ch de 180 CV. No en­tan­to, e por­que es­ta­mos a fa­lar de um mo­de­lo eli­tis­ta, a ver­são mais se- du­to­ra aca­ba por ser o no­vo 1.6 Pu­re­te­ch de 225 CV. Tra­ta-se de um pro­pul­sor so­bre­a­li­men­ta­do de úl­ti­ma ge­ra­ção, que pro­duz um bi­ná­rio má­xi­mo de 300 N.m, lo­go a par­tir das 1.900 rpm, um va­lor que dá pis­tas quan­to à sua pro­gres­si­vi­da­de. Tem pres­ta­ções mui­to dig­nas, com uma ve­lo­ci­da­de má­xi­ma anun­ci­a­da de 236 km/h e uma ace­le­ra­ção de 0 a 100 km/h que se ci­fra em 8,3 se­gun­dos. Na prá­ti­ca, es­ta ver­são do DS 7 Cros­s­back pro­por­ci­o­na vi­a­gens con­for­tá­veis, e, com lo­ta­ção es­go­ta­da e es­pa­ço de car­ga apro­vei­ta­do ao má­xi­mo, não se aca­nha em as­se­gu­rar ex­ce­len­tes re­cu­pe­ra­ções com to­da a se­gu­ran­ça.

Res­pos­ta li­ne­ar

Em es­tra­da, o no­vo DS 7 Cros­s­back Pu­re­te­ch 225 ga­ran­te uma res­pos­ta su­a­ve e li­ne­ar, mui­to di­nâ­mi­ca e com um ruí­do con­ti­do que não des­toa com o am­bi­en­te se­re­no, mes­mo sob for­te ace­le­ra­ção. É, sem dú­vi­da, um mo­tor que se co­a­du­na com a fi­lo­so­fia ex­clu­si­va do DS 7 Cros­s­back, que in­te­gra as mais re­cen­tes tec­no­lo­gi­as da fa­mí­lia Pu­re­te­ch. En­tre elas, a in­tro­du­ção de sis­te­ma de dis­tri­bui­ção va­riá­vel – ad­mis­são e es­ca­pe –, tur­bo­com­pres­sor twins­croll, pres­são de in­je­ção a 200 bar, mo­do ‘ve­le­jar’ da cai­xa de ve­lo­ci­da­des – o

veí­cu­lo por inér­cia, de­sen­ga­tan­do a trans­mis­são pa­ra me­no­res con­su­mos e emis­sões, en­tre 20 e 130 km/h – e fil­tro de par­tí­cu­las GPF. To­da es­ta tec­no­lo­gia me­câ­ni­ca re­duz sen­si­vel­men­te os va­lo­res de emis­sões, em­bo­ra tam­bém se­ja mé­ri­to de um efi­ci­en­te dis­po­si­ti­vo de con­tro­lo de po­lui­ção.

Apoio da ele­tró­ni­ca

O DS 7 Cros­s­back 225 es­tá equi­pa­do de sé­rie com uma cai­xa de ve­lo­ci­da­des au­to­má­ti­ca de oi­to re­la­ções da mais re­cen­te ge­ra­ção, com con­tro­lo se­quen­ci­al atra­vés do se­le­tor ou das pa­ti­lhas no vo­lan­te. Fa­bri­ca­do pe­lo es­pe­ci­a­lis­ta ja­po­nês Ai­sin, pos­sui con­tro­lo ele­tró­ni­co que pro­mo­ve pas­sa­gens ex­tre­ma­men­te su­a­ves e pre­ci­sas, in­de­pen­den­te­men­te de o es­ti­lo de con­du­ção ser mais mo­de­ra­do ou mais di­nâ­mi­co. Não fal­ta um per- mu­ta­dor de per­fis de con­du­ção, de­sig­na­do Dri­ve Mo­de, si­tu­a­do na con­so­la cen­tral, que, en­tre os mo­dos Com­fort, Nor­mal e Sport, per­mi­te va­ri­ar o de­sem­pe­nho da sus­pen­são, da cai­xa e do ace­le­ra­dor pa­ra uma pos­tu­ra mais con­for­tá­vel ou mais ágil.

O DS 7 Cros­s­back mon­ta jan­tes de 18 po­le­ga­das cal­ça­das com pneus M+S, pa­ra um com­por­ta­men­to oti­mi­za­do fo­ra do as­fal­to. Pa­ra ga­ran­tir a má­xi­ma mo­tri­ci­da­de em su­per­fí­ci­es mais es­cor­re­ga­di­as, es­te SUV con­ta com dis­po­si­ti­vo de tra­ção Grip Con­trol, com pro­gra­mas di­fe­ren­tes in­di- ca­dos pa­ra ca­da ti­po de pi­so.

O ha­bi­tá­cu­lo do SUV fran­cês de­no­ta gran­de qua­li­da­de, tan­to na mon­ta­gem co­mo nos ma­te­ri­ais de tex­tu­ra re­quin­ta­da.

Mun­do di­gi­tal

No âm­bi­to da tec­no­lo­gia, es­tá equi­pa­do com pai­nel de ins­tru­men­tos di­gi­tal, per­mi­tin­do uma va­ri­e­da­de de con­fi­gu­ra­ções de apre­sen­ta­ção. O ecrã cen­tral tou­ch, de 12 po­le­ga­das, pos­sui co­man­dos ca­pa­ci­ti­vos pa­ra ope­rar os sis­te­mas de áu­dio, de na­ve­ga­ção, de cli­ma­ti­za­ção du­al­zo­ne, e ain­da re­gu­lar di­ver­sos as­sis­ten­tes de se­gu­ran­ça.

Co­mo mar­ca de lu­xo den­tro do gru­po PSA, a DS pas­sa­rá a es­tar na van­guar­da das tec­no­lo­gi­as mais avan­ça­das, e o DS 7 Cros­s­back, co­mo a sua pri­mei­ra cri­a­ção in­tei­ra­men­te de raiz, é o pa­ra­dig­ma des­sa fi­lo­so­fia.

O por­tão tra­sei­ro pos­sui aber­tu­ra e fe­cho elé­tri­cos. A ba­ga­gei­ra tem um vo­lu­me de 555 li­tros

Edu­ar­do Ca­no

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.