Es­tá do­en­te ou não? Eis a ques­tão!

Caes & Companhia - - VETERINÁRIA -

Os si­nais de do­en­ça em ga­tos po­dem ser sub­tis, por is­so mes­mo o mais pe­que­no si­nal po­de vir a ser sig­ni­fi­ca­ti­vo. Aqui es­tão 10 si­nais sub­tis de do­en­ça em ga­tos, que o de­vem le­var a pro­cu­rar o seu mé­di­co ve­te­ri­ná­rio: 1. Al­te­ra­ções na in­te­ra­ção, por exem­plo, es­tar es­tra­nha­men­te dis­tan­te, pro­cu­ra iso­lar-se ou, pe­lo con­trá­rio, um ga­to mais in­de­pen­den­te que se tor­na mais de­pen­den­te; 2. Mu­dan­ças na ati­vi­da­de co­mo uma di­mi­nui­ção ou au­men­to na ati­vi­da­de e/ou uma mu­dan­ça na ro­ti­na diá­ria do ga­to; 3. Al­te­ra­ções na mas­ti­ga­ção ou nos há­bi­tos ali­men­ta­res; 4. Al­te­ra­ções na in­ges­tão de água, com au­men­to ou di­mi­nui­ção des­ta; 5. Per­da ou au­men­to de pe­so; 6. Mau há­li­to; 7. Al­te­ra­ções nos cui­da­dos de gro­o­ming; 8. Mu­dan­ças nos há­bi­tos de so­no; 9. Mu­dan­ças na vo­ca­li­za­ção; 10. Uri­nar e/ou de­fe­car fo­ra da cai­xa.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.