Va­mos brin­car ao tug.

Caes & Companhia - - NATAL -

É sim­ples, bas­ta um brin­que­do (de pre­fe­rên­cia com al­gum com­pri­men­to), o cão mor­de de um la­do, nós agar­ra­mos do ou­tro, e “lu­ta­mos” a pu­xar. Umas ve­zes ga­nha o do­no, ou­tras ve­zes dei­xa­mos o cão ga­nhar. Es­te é dos jo­gos de que os cães mais gos­tam, fá­cil de per­ce­ber pe­los “ros­ni­dos” de ex­ci­ta­ção e di­ver­são que a mai­o­ria faz. Não, es­te jo­go não vai tor­nar o seu cão agres­si­vo, até por­que o ob­je­ti­vo é a in­te­ra­ção e não o ga­nhar o brin­que­do (se tem dú­vi­das, ex­pe­ri­men­te lar­gá-lo; o seu cão ra­pi­da­men­te vai per­der o in­te­res­se quan­do dei­xar de se me­xer). É ain­da uma ex­ce­len­te for­ma de au­men­tar a con­fi­an­ça em cães tí­mi­dos, dei­xan­do-os ga­nhar fre­quen­te­men­te.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.