Ta­ca­das no par­que

Correio da Manha - - Opinião - FER­NAN­DA CACHÃO EDI­TO­RA COR­REIO ‘DO­MIN­GO’

Te­mos à par­ti­da uma cer­ta per­ple­xi­da­de pe­ran­te pro­mo­to­res imo­bi­liá­ri­os que apre­sen­tam pro­je­tos pa­ra cons­truir em zo­na de par­que na­tu­ral - é cla­ro, que a per­ple­xi­da­de pas­sa­rá a es­tar­re­ci­men­to sem­pre que o in­tui­to dos mes­mos co­lhe pro­ce­dên­cia.

Vem is­to a pro­pó­si­to da his­tó­ria das em­pre­sas que apre­sen­ta­ram um pro­je­to pa­ra um ho­tel de 4 es­tre­las e um cam­po de gol­fe de 18 bu­ra­cos, num ter­re­no de 40 hec­ta­res, em ple­no Par­que Na­tu­ral Sin­tra-Cas­cais, en­tre o Guin­cho e a Mal­vei­ra, jun­to à es­tra­da na­ci­o­nal 247, pre­ci­sa­men­te a zo­na ar­di­da no úl­ti­mo fim de se­ma­na.

Vá­ri­os mi­nis­tros do Am­bi­en­te e pre­si­den­tes de câ­ma­ra de Cas­cais de­pois e o ca­so con­ti­nua em tri­bu­nal, pois as em­pre­sas em ques­tão acham que têm di­rei­to a in­dem­ni­za­ção por não te­rem po­di­do cons­truir - a lo­ca­li­za­ção do em­pre­en­di­men­to foi apro­va­da em des­pa­cho da Di­re­ção-Ge­ral de Tu­ris­mo em 1996, com pa­re­cer favorável do Ins­ti­tu­to da Con­ser­va­ção da Na­tu­re­za (!).

De­pois Ju­das pro­ce­deu co­mo o ou­tro e te­rá da­do o al­va­rá em 1997.

É por is­so que sem­pre que ar­de não adi­an­ta cha­mar por San­ta Bár­ba­ra, pois nem sem­pre são tro­vões.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.