-

Correio da Manha - - Atualidade -

Tro­cas tar­di­as

Não ha­via ne­ces­si­da­de de Portugal se ter en­co­lhi­do a meio da se­gun­da par­te, quan­do já ven­cia por 3-1. Uma ges­tão da equi­pa mais atem­pa­da (cul­pa de San­tos) te­ria evi­ta­do um sú­bi­to res­sur­gi­men­to da Po­ló­nia, que já pa­re­cia en­cos­ta­da às cor­das.

A bo­la es­ta­va fo­ra

A equi­pa de ar­bi­tra­gem es­pa­nho­la es­ta­va a ter um tra­ba­lho ir­re­pre­en­sí­vel, mas bor­rou a pin­tu­ra to­da no lan­ce do se­gun­do go­lo da Po­ló­nia. Fi­ca a sen­sa­ção que a bo­la saiu to­tal­men­te de cam­po an­tes do cru­za­men­to pa­ra den­tro da gran­de área de Patrício.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.