Bar­ri­gas de alu­guer atra­em es­tran­gei­ros

Pa­re­cer po­si­ti­vo da Or­dem dos Mé­di­cos pa­ra o 1º ca­so. Qua­se me­ta­de dos pe­di­dos vem de fo­ra de Por­tu­gal.

Destak - - Atualidade - JOÃO MONIZ Com Agên­cia Lu­sa

AOr­dem dos Mé­di­cos deu on­tem­pa­re­cer­fa­vo­rá­ve­la­o­pri­mei­ro pe­di­do de ges­ta­ção de subs­ti­tui­ção­em­por­tu­gal,sa­li­en­tan­do que ana­li­sou ape­nas as ques­tões téc­ni­cas e não as éti­cas e de­on­to­ló­gi­cas. Tra­ta-se de uma avó que es­tá dis­pos­ta a ge­rar um fi­lho da sua fi­lha, que re­ti­rou o úte­ro por ra­zões clí­ni­cas.

Sem­ca­rá­ter­vin­cu­la­ti­vo,opa­re­ce­ré um dos pas­sos de­fi­ni­dos pela lei apro­va­da em ju­lho – ge­ne­ri­ca­men­te, as re­gras de­fi­nem que es­ta é uma so­lu­ção ex­ce­ci­o­nal, sem pa­ga­men­tos en­vol­vi­dos, apli­ca­da por mo­ti­vos de saú­de, so­bre­tu­do re­la­ci­o­na­dos com o úte­ro. Isa- bel, a fi­lha que ago­ra po­de­rá ser mãe, dis­se ao Ex­pres­so: «é mais uma vi­tó­ria. Pa­ra os so­nhos não há im­pos­sí­veis».

O mi­nis­tro da Saú­de sau­dou o pa­re­cer fa­vo­rá­vel e de­fen­deu que «ago­ra é pre­ci­so re­ti­rar li­ções» des­te ca­so. O pre­si­den­te do Con­se­lho Na­ci­o­nal de Pro­cri­a­ção Me­di­ca­men­te As­sis­ti­da (CNPMA) la­men­ta que ain­da se­jam mui­tas as re­sis­tên­ci­as à ges­ta­ção de subs­ti­tui­ção, quan­do a so­ci­e­da­de de­via era ter «com­pai­xão».

Ao CNPMA já che­ga­ram 99 in­ten­ções de ce­le­bra­ção do con­tra­to de ges­ta­ção de subs­ti­tui­ção – um ca­so es­tá em an­da­men­to, es­pe­ran­do-se mais do­cu­men­ta­ção –, das quais 58 de por­tu­gue­ses e 41 de es­tran­gei­ros. In­clu­si­ve, o Mi­nis­té­rio dos Ne­gó­ci­os Es­tran­gei­ros so­li­ci­tou um ma­nu­al pa­ra os con­su­la­dos po­de­rem dar res­pos­tas às ques­tões co­lo­ca­das so­bre es­ta ma­té­ria.

Ges­ta­ção de subs­ti­tui­ção tem re­gras muito aper­ta­das pa­ra avan­çar

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.