Pro­cu­ra por ar­ti­gos em 2ª mão au­men­ta 25%

Pla­ta­for­ma re­gis­tou mais de 30 mi­lhões de con­tac­tos en­tre po­ten­ci­ais in­te­res­sa­dos em pro­du­tos à ven­da.

Destak - - ATUALIDADE - JOÃO MO­NIZ jmo­niz@des­tak.pt

Em par­te de­vi­do à cri­se fi­nan­cei­ra e eco­nó­mi­ca que o país vi­veu, mas tam­bém de­vi­do à cres­cen­te im­ple­men­ta­ção das tec­no­lo­gi­as e da ge­ne­ra­li­za­ção do aces­so à in­ter­net, são ca­da vez mais os por­tu­gue­ses ren­di­dos à com­pra e ven­da de ar­ti­gos em 2ª mão. Is­so mes­mo é com­pro­va­do por uma das mai­o­res pla­ta­for­mas on­li­ne pa­ra a tran­sa­ção de pro­du­tos e ser­vi­ços.

No 1º se­mes­tre des­de ano, fo­ram re­a­li­za­dos mais de 30 mi­lhões de con­tac­tos no OLX en­tre po­ten­ci­ais in­te­res­sa­dos por ar­ti­gos à ven­da no por­tal e os res­pe­ti­vos ven­de­do­res. É um cres­ci­men­to de 25% fa­ce ao pe­río­do ho­mó­lo­go de 2017. A cres­cen­te im­ple­men­ta­ção des­te ne­gó­cio é igual­men­te ve­ri­fi­ca­da pe­lo cres­cen­te nú­me­ro de anún­ci­os: fo­ram co­lo­ca­dos mais de 1,5 mi­lhões de avi­sos de ven­da en­tre ja­nei­ro e ju­nho, um au­men­to de 15% fa­ce ao ano pas­sa­do.

De acor­do com os da­dos ce­di­dos ao Des­tak, Lis­boa, Por­to, Se­tú­bal, Bra­ga e Avei­ro são os dis­tri­tos que têm uma mai­or ofer­ta de anún­ci­os. Na­tu­ra­lem­ten, aca­bam por re­gis­tar uma mai­or pro­cu­ra, to­ta­li­zan­do mais con­tac­tos en­tre po­ten­ci­ais com­pra­do­res e ven­de­do­res.

As ca­te­go­ri­as ‘Car­ros, Mo­tos e Bar­cos’ (20%), es­pe­ci­al­men­te au­to­mó­veis; ‘Te­le­mó­veis e Ta­blets’ (8%), com des­ta­que pa­ra os te­le­mó­veis; e ‘Tec­no­lo­gia’ (7%), com vi­de­o­jo­gos e con­so­las à ca­be­ça, li­de­ram as pes­qui­sas.

Au­to­mó­veis e te­le­mó­veis são os ar­ti­gos mais pes­qui­sa­dos es­te ano

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.