Jor­na­lis­ta as­sas­si­na­do

Destak - - LEITOR -

Afi­nal, há jor­na­lis­tas as­sas­si­na­dos na União Eu­ro­peia.

A búl­ga­ra Vik­to­ria Ma­ri­no­va, jo­vem pro­mes­sa do jor­na­lis­mo de in­ves­ti­ga­ção pa­gou com a vi­da a pro­cu­ra da ver­da­de.

In­for­mar co­me­ça a ser mui­to pe­ri­go­so na União Eu­ro­peia. In­ves­ti­gar ca­sos de cor­rup­ção é as­si­nar a pró­pria sen­ten­ça de mor­te em [paí­ses co­mo] Mal­ta, Es­lo­vé­nia ou Bul­gá­ria.

Daph­ne Ca­ru­a­na, jor­na­lis­ta mal­te­sa, foi as­sas­si­na­da no ano de 2017, quan­do uma bom­ba fez ex­plo­dir o seu car­ro.

Jan Ku­ci­ak, jo­vem jor­na­lis­ta, apa­re­ceu mor­to, com a namorada, em 2018, na Es­lo­vé­nia. Tam­bém in­ves­ti­ga­va ca­sos de cor­rup­ção.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.