Diario de Noticias - DN + Dinheiro Vivo

Em­pre­en­de­do­res Stop Bullying en­tre ven­ce­do­res de con­cur­so do Mon­te­pio

- —ELISABETE TA­VA­RES Business · Entrepreneurship · Portugal · Mary J. Blige · Montepio

O con­cur­so de em­pre­en­de­do­ris­mo Acre­di­ta Por­tu­gal já es­co­lheu os se­te em­pre­en­de­do­res ven­ce­do­res da sua dé­ci­ma edi­ção. Há pro­gra­mas pa­ra to­dos os gos­tos, dos snacks à edu­ca­ção, pas­san­do pe­la lo­gís­ti­ca.

Fo­ram mais de 10 mil os can­di­da­tos que se ins­cre­ve­ram no con­cur­so de em­pre­en­de­do­ris­mo Mon­te­pio Acre­di­ta Por­tu­gal. O con­cur­so, que vai na sua dé­ci­ma edi­ção, já anun­ci­ou os se­te pro­je­tos ven­ce­do­res.

A Ga­la de anún­cio dos ven­ce­do­res de­cor­reu on­tem à tar­de e, pe­la pri­mei­ra vez, re­a­li­zou-se num for­ma­to 100% on­li­ne. En­tre os ven­ce­do­res, es­tá o pro­je­to Stop Bullying que ven­ceu o Pré­mio Em­pre­en­de­do­ris­mo So­ci­al, pa­tro­ci­na­do pe­lo Ban­co Mon­te­pio.

Tra­ta-se de um pro­je­to em que “o con­cei­to de bullying é apre­sen­ta­do às cri­an­ças em ida­de pré-es­co­lar atra­vés da Ce­go­nha Mar­co­li­na”, ex­pli­ca a ins­ti­tui­ção. “Re­cor­ren­do a um li­vro e um jo­go de ta­bu­lei­ro, são de­sen­vol­vi­dos mé­to­dos e com­por­ta­men­tos po­si­ti­vos nas cri­an­ças a par­tir dos 3 anos pa­ra pre­ve­nir e com­ba­ter o bullying, com ba­se em ati­vi­da­des e de­sa­fi­os di­ver­ti­dos”, adi­an­ta.

Até aqui che­gar, es­te e to­dos os res­tan­tes pro­je­tos ven­ce­do­res fo­ram sub­me­ti­dos a vá­ri­as fa­ses de ava­li­a­ção e men­to­ring, e vão ago­ra re­ce­ber apoio es­pe­ci­a­li­za­do pa­ra a sua en­tra­da no mer­ca­do.

Men­to­res à dis­tân­cia

Fer­nan­do Fra­ga, di­re­tor de Ino­va­ção da Acre­di­ta Por­tu­gal, ex­pli­ca que, “num mo­men­to de no­vos de­sa­fi­os, ori­gi­na­dos pe­lo im­pac­to da pan­de­mia co­vid-19, o Con­cur­so Mon­te­pio Acre­di­ta Por­tu­gal ne­ces­si­tou de se adap­tar e pro­cu­rar no­vas for­mas de jun­tar can­di­da­tos, em­pre­en­de­do­res e men­to­res”. De acor­do com o res­pon­sá­vel, a ha­bi­tu­al par­ti­lha e acom­pa­nha­men­to, que se re­ve­la­va sem­pre um dos fo­cos des­ta ini­ci­a­ti­va, mu­da­ram de for­ma­to.

“Ain­da as­sim, con­se­gui­mos con­tri­buir pa­ra de­sen­vol­ver os mi­lha­res de pro­je­tos ins­cri­tos e po­ten­ci­ar as ca­pa­ci­da­des des­tes em­pre­en­de­do­res”, des­ta­ca.

No res­cal­do des­ta dé­ci­ma edi­ção, Fer­nan­do Fra­ga su­bli­nha ain­da que nes­te ano se tor­nou “no­tó­rio que, exis­tin­do a von­ta­de de fa­zer acon­te­cer e o es­pí­ri­to de en­tre­ga que ca­rac­te­ri­za os par­cei­ros e can­di­da­tos nes­te con­cur­so, se tor­na pos­sí­vel em­pre­en­der uma ini­ci­a­ti­va des­ta en­ver­ga­du­ra e com es­te al­can­ce” mes­mo que o con­tex­to se­ja de afas­ta­men­to so­ci­al.

O es­pí­ri­to em­pre­en­de­dor

“Acre­di­ta­mos que, mes­mo pe­ran­te uma si­tu­a­ção ines­pe­ra­da co­mo a que vi­ve­mos, o es­pí­ri­to em­pre­en­de­dor pre­va­le­ceu e fo­mos bem-su­ce­di­dos no pro­pó­si­to de ca­pa­ci­tar os em­pre­en­de­do­res por­tu­gue­ses”, fri­sa o res­pon­sá­vel de mais um Acre­di­ta Por­tu­gal.

As idei­as ven­ce­do­ras, se­le­ci­o­na­das nu­ma ses­são de ava­li­a­ção de pit­ch por um jú­ri com­pos­to por par­cei­ros e em­pre­en­de­do­res con­vi­da­dos da ini­ci­a­ti­va, “re­fle­tem a na­tu­re­za abran­gen­te da ini­ci­a­ti­va que pre­ten­de ser um es­pa­ço de ca­pa­ci­ta­ção do em­pre­en­de­do­ris­mo”.

Ain­da nes­te con­tex­to, o Pré­mio Brisa Mo­bi­li­da­de 2020 foi atri­buí­do à BipBip, uma pla­ta­for­ma in­te­li­gen­te e gra­tui­ta an­ga­ri­a­do­ra de cli­en­tes que con­se­gue mo­ni­to­ri­zar a to­do o mo­men­to quais os ca

São de­sen­vol­vi­dos mé­to­dos e com­por­ta­men­tos po­si­ti­vos nas cri­an­ças con­tra o

com ba­se em ati­vi­da­des e de­sa­fi­os di­ver­ti­dos.

miões que es­tão va­zi­os, as ro­tas se­gui­das e a sua lo­ca­li­za­ção.

To­dos os ven­ce­do­res

O Pré­mio K.Te­ch foi pa­ra a Di­me, uma pla­ta­for­ma que pre­ten­de trans­for­mar o mer­ca­do de ta­len­to des­por­ti­vo. Me­re­ce ain­da men­ção o Pré­mio H2O ino­va­ção pe­la Águas de Gaia, que foi en­tre­gue à SCEMAI – que per­mi­te a ma­xi­mi­za­ção da per­for­man­ce do con­su­mo ener­gé­ti­co e a mo­ni­to­ri­za­ção de ava­ri­as atra­vés de mo­de­los de in­te­li­gên­cia ar­ti­fi­ci­al e aná­li­se de da­dos, per­mi­tin­do a oti­mi­za­ção da pro­du­ção.

Na Ca­te­go­ria Ge­ral-Ino­va­ção, a gran­de ven­ce­do­ra do dia foi a Char­geSur­fing, uma re­de pri­va­da pa­ra car­re­ga­men­to de veí­cu­los elé­tri­cos, en­quan­to na Ca­te­go­ria Ge­ral-Pro­du­to, o pri­mei­ro pré­mio foi pa­ra a Four Bi­tes, um ser­vi­ço de subs­cri­ção de di­ver­sos snacks sau­dá­veis, per­so­na­li­za­dos ao uni­ver­so do cli­en­te e en­tre­gues à por­ta, on­de es­te mais ne­ces­si­ta quan­do a fo­me aper­ta.

Tam­bém a Growappy foi dis­tin­gui­da, es­ta na Ca­te­go­ria Ge­ral-Edu­ca­ção, pe­lo seu con­tri­bu­to pa­ra me­lho­rar os pro­ces­sos e o dia-a-dia dos mais pe­que­nos. Tra­ta-se de uma so­lu­ção web e mo­bi­le que mo­der­ni­za a edu­ca­ção in­fan­til, ao fa­ci­li­tar o mo­vi­men­to diá­rio nas es­co­las, sim­pli­fi­can­do a sua ges­tão, bem co­mo a co­mu­ni­ca­ção com os pais, mas tam­bém o re­gis­to e a par­ti­lha das ro­ti­nas diá­ri­as e apren­di­za­gens das cri­an­ças de uma for­ma ino­va­do­ra e em tem­po real. Por úl­ti­mo, os pré­mi­os de ino­va­ção en­tre­gues pe­la ins­ti­tui­ção fi­nan­cei­ra dis­tin­gui­ram ain­da o pro­je­to Unit Layer, num pro­je­to es­pe­ci­al da Agên­cia Na­ci­o­nal de Ino­va­ção.

 ??  ??
 ??  ?? Ven­ce­do­res des­ta dé­ci­ma edi­ção ti­ve­ram men­to­ring ape­sar das di­fi­cul­da­des cri­a­das pe­la pan­de­mia.
Ven­ce­do­res des­ta dé­ci­ma edi­ção ti­ve­ram men­to­ring ape­sar das di­fi­cul­da­des cri­a­das pe­la pan­de­mia.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal