De­sem­pre­ga­dos com 52 anos vão ter aces­so mais fá­cil a “pres­ta­ção pon­te”

Edição Público Lisboa - - ECONOMIA - Raquel Mar­tins

OB­lo­co de Es­quer­da (BE) ga­ran­te que che­gou a acor­do com o Go­ver­no pa­ra fa­ci­li­tar o aces­so ao sub­sí­dio so­ci­al de de­sem­pre­go sub­se­quen­te no ca­so das pes­so­as que fi­ca­ram sem tra­ba­lho com 52 ou mais anos. O ob­jec­ti­vo é abran­ger pe­lo me­nos três mil de­sem­pre­ga­dos que ago­ra não pre­en­chem a con­di­ção de re­cur­sos pa­ra ace­der a es­ta pres­ta­ção e que tam­bém ain­da não po­dem pe­dir a re­for­ma an­te­ci­pa­da, fi­can­do nu­ma es­pé­cie de lim­bo sem di­rei­to a qual­quer pro­tec­ção.

Es­ta al­te­ra­ção foi uma das me­di­das anun­ci­a­das por Ma­ri­a­na Mor­tá­gua, de­pu­ta­da do BE, du­ran­te a con­fe­rên­cia de im­pren­sa de on­tem pa­ra dar con­ta das pro­pos­tas ne­go­ci­a­das com o Go­ver­no e que se­rão in­cluí­das no Or­ça­men­to do Es­ta­do (OE) pa­ra 2019.

Tra­ta-se, dis­se a de­pu­ta­da, de uma “pres­ta­ção pon­te” que “pre­ten­de res­pon­der a uma si­tu­a­ção mui­to con­cre­ta”. “Que­re­mos res­pon­der à re­a­li­da­de dos de­sem­pre­ga­dos de lon­ga duração, pes­so­as que es­go­ta­ram o sub­sí­dio de de­sem­pre­go, que têm mais de 52 anos, que já não con­se­guem en­con­trar em­pre­go, mas tam­bém não con­se­guem ca­ber den­tro das for­mas mui­to res­tri­ti­vas da con­di­ção de re­cur­sos” exi­gi­da pa­ra ace­der ao sub­sí­dio so­ci­al de de­sem­pre­go sub­se­quen­te, ex­pli­cou.

Ac­tu­al­men­te, o sub­sí­dio so­ci­al de de­sem­pre­go sub­se­quen­te só es­tá aces­sí­vel pa­ra os de­sem­pre­ga­dos inseridos em agre­ga­dos fa­mi­li­a­res com um ren­di­men­to men­sal por pes­soa até 80% do in­de­xan­te de apoi­os so­ci­ais (IAS), que cor­res­pon­de a 343,12 eu­ros es­te ano. O OE pa­ra 2019 alar­ga es­te li­mi­te em 25%, pas­san­do pa­ra 428,9 eu­ros (o va­lor cor­res­pon­den­te a um IAS), quan­do es­ti­ve­rem em cau­sa pes­so­as que à da­ta do de­sem­pre­go ti­nham 52 ou mais anos, mas man­têm-se as ou­tras com­po­nen­tes da con­di­ção de re­cur­sos que têm de ser res­pei­ta­das. Es­ta al­te­ra­ção, pre­ci­sou ao PÚ­BLI­CO o de­pu­ta­do do BE Jo­sé So­ei­ro, “ga­ran­te a es­tes de­sem­pre­ga­dos

uma ‘pres­ta­ção pon­te’, após o fim do seu sub­sí­dio de de­sem­pre­go, até po­de­rem re­que­rer a re­for­ma por an­te­ci­pa­ção após de­sem­pre­go de lon­ga duração”.

A re­for­ma an­te­ci­pa­da pa­ra es­tes de­sem­pre­ga­dos po­de ser pe­di­da aos 57 anos, des­de que, à da­ta do de­sem­pre­go, te­nham mais de 52 anos de ida­de e pe­lo me­nos 22 anos de des­con­tos pa­ra a Se­gu­ran­ça So­ci­al.

As con­tas apre­sen­ta­das pe­lo BE apon­tam pa­ra que pe­lo me­nos três mil pes­so­as pos­sam be­ne­fi­ci­ar da al­te­ra­ção. O de­pu­ta­do Jo­sé So­ei­ro ex­pli­cou que es­ta es­ti­ma­ti­va ba­seia-se no nú­me­ro de pes­so­as com mais de 52 anos que se can­di­da­ta­ram ao sub­sí­dio so­ci­al e fo­ram ex­cluí­das por não cum­pri­rem a con­di­ção de re­cur­sos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.