BE anun­cia cor­te de 5% na fac­tu­ra da luz

Edição Público Lisboa - - ECONOMIA -

“Es­ta­be­le­ce­mos um ob­jec­ti­vo de iní­cio: é ne­ces­sá­rio re­du­zir a fac­tu­ra da elec­tri­ci­da­de em Por­tu­gal”, anun­ci­ou a de­pu­ta­da do Blo­co de Es­quer­da (BE) Ma­ri­a­na Mor­tá­gua, re­ve­lan­do que o im­pac­to es­ti­ma­do do “con­jun­to das me­di­das [acor­da­das com o Go­ver­no pa­ra o OE 2019) é de 5% ao ano”, ex­pli­can­do que “ca­be­rá à ERSE na sua de­ci­são e con­si­de­ra­ção to­mar em con­ta o con­jun­to das me­di­das” pa­ra a for­ma­ção da fac­tu­ra da luz.

A pri­mei­ra das com­po­nen­tes é a “re­du­ção do IVA da po­tên­cia con­tra­ta­da”, que pas­sa­rá de 23% pa­ra 6% e que ape­nas in­ci­di­rá so­bre po­tên­ci­as con­tra­ta­das abai­xo dos 3.45 kVA. “A se­gun­da com­po­nen­te des­ta me­di­da é o alar­ga­men­to da CESE [con­tri­bui­ção ex­tra­or­di­ná­ria so­bre o sec­tor ener­gé­ti­co] ao sec­tor das renováveis.”

Uma ter­cei­ra com­po­nen­te des­te pa­co­te de ener­gia, pros­se­guiu Ma­ri­a­na Mor­tá­gua, “te­rá lu­gar em du­as fa­ses”.

“Em 2018, já es­te ano, ocor­re­rá uma trans­fe­rên­cia de 190 mi­lhões de eu­ros pa­ra a amor­ti­za­ção da dí­vi­da ta­ri­fá­ria, em par­ti­cu­lar na par­ce­la que é pa­ga pe­los con­su­mi­do­res do­més­ti­cos”, adi­an­tou, ex­pli­can­do que es­tes 190 mi­lhões se­rão fi­nan­ci­a­dos pe­la mo­bi­li­za­ção dos sal­dos da CESE, com­ple­men­ta­dos por 40 mi­lhões do fun­do de car­bo­no. De acor­do com Ma­ri­a­na Mor­tá­gua, fi­cou ain­da acor­da­do que já em 2019 “ha­ve­rá uma no­va trans­fe­rên­cia pa­ra aba­ter à dí­vi­da ta­ri­fá­ria no va­lor de 200 mi­lhões de eu­ros”.

“Es­ta no­va trans­fe­rên­cia se­rá fi­nan­ci­a­da pe­la CESE e ago­ra tam­bém pe­la CESE das renováveis que se­rá cri­a­da es­te ano”, re­fe­riu ain­da.

Lu­sa

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.