A Eu­ro­pa, que é nos­sa, de Lis­boa a Hel­sín­quia

Dois no­vos pro­gra­mas so­bre a Eu­ro­pa se­rão emi­ti­dos na te­le­vi­são e na rá­dio pú­bli­cas

Edição Público Porto - - POLÍTICA - Te­re­sa de Sou­sa

A RTP e a An­te­na 1 apre­sen­ta­ram on­tem, no ga­bi­ne­te do Par­la­men­to Eu­ro­peu (PE) em Lis­boa, dois no­vos pro­gra­mas pa­ra se­rem emi­ti­dos na RTP3 e na rá­dio pú­bli­ca de­di­ca­dos à in­te­gra­ção eu­ro­peia. A in­ten­ção é cla­ra, se­gun­do os seus res­pon­sá­veis: cum­prir um de­ver de ser­vi­ço pú­bli­co quan­do a Eu­ro­pa é ho­je um te­ma fun­da­men­tal pa­ra os des­ti­nos do país e quan­do se apro­xi­mam elei­ções pa­ra o PE (em Maio do pró­xi­mo ano) que pro­me­tem ser o re­fle­xo da cri­se que ho­je a União Eu­ro­peia atra­ves­sa. Co­mo lem­brou na apre­sen­ta­ção João Fer­nan­do Ra­mos, da di­rec­ção da RTP, nas úl­ti­mas elei­ções pa­ra o PE a par­ti­ci­pa­ção em Por­tu­gal fi­cou­se pe­los 33,7%, pa­ra uma mé­dia eu­ro­peia de pou­co mais de 44%.

Os dois pro­gra­mas se­rão da au­to­ria de Re­bec­ca Abe­cas­sis, que saiu re­cen­te­men­te da SIC, on­de foi res­pon­sá­vel por vá­ri­os pro­gra­mas so­bre a Eu­ro­pa, e que ago­ra en­con­trou o seu lu­gar na te­le­vi­são e na rá­dio pú­bli­cas pa­ra fa­zer exac­ta­men­te o mes­mo.

Aque­le que se es­treia pri­mei­ro, De Lis­boa a Hel­sín­quia, vai per­cor­rer 56 re­giões da Eu­ro­pa dos (ain­da) 28, pa­ra fa­zer re­por­ta­gens so­bre a uti­li­da­de e a re­le­vân­cia dos fun­dos eu­ro­peus nas áre­as do am­bi­en­te, edu­ca­ção, saúde, cul­tu­ra, ino­va­ção e imi­gra­ção. Se­rá apre­sen­ta­do por Re­bec­ca Abe­cas­sis e por Ra­quel Mo­rão Lo­pes e es­treia-se a 20 de Ou­tu­bro, na RTP3, e a 22, na An­te­na 1.

O se­gun­do pro­gra­ma, Eu­ro­pa Mi­nha, com es­treia mar­ca­da pa­ra No­vem­bro e apre­sen­ta­do por João Ade­li­no Fa­ria, se­rá de in­for­ma­ção e de de­ba­te so­bre a agen­da eu­ro­peia, in­cluin­do o es­cru­tí­nio do que aí fa­zem os re­pre­sen­tan­tes por­tu­gue­ses.

Nun­ca co­mo ho­je foi tão di­fí­cil, tão com­ple­xo e de­sa­fi­an­te abor­dar as ques­tões eu­ro­pei­as, dis­se a au­to­ra dos pro­gra­mas. Nem foi tan­ta a “res­pon­sa­bi­li­da­de dos jor­na­lis­tas”. Car­los Mo­e­das, co­mis­sá­rio por­tu­guês pa­ra a Ci­ên­cia e a Ino­va­ção, ci­tou uma obra de Ste­fan Zweig, A De­sin­to­xi­ca­ção Mo­ral da Eu­ro­pa (1934), pa­ra re­fe­rir a sua “gran­de pre­o­cu­pa­ção” com as pró­xi­mas eu­ro­pei­as e a im­por­tân­cia in­subs­ti­tuí­vel dos jor­na­lis­tas pa­ra col­ma­tar o des­fa­sa­men­to en­tre per­cep­ção e re­a­li­da­de que ho­je mar­ca a opi­nião pú­bli­ca eu­ro­peia.

As pre­vi­sões apon­tam pa­ra uma for­te pre­sen­ça dos par­ti­dos po­pu­lis­tas e na­ci­o­na­lis­tas no PE que se­rá elei­to em fi­nais de Maio, al­te­ran­do pro­fun­da­men­te a re­a­li­da­de po­lí­ti­ca eu­ro­peia num dos seus ór­gãos de re­pre­sen­ta­ção mais im­por­tan­tes. Es­te cres­ci­men­to far-se-á à cus­tas dos gran­des par­ti­dos eu­ro­peís­tas que até ago­ra do­mi­na­ram a câ­ma­ra: o PPE, os So­ci­a­lis­tas e De­mo­cra­tas e os Li­be­rais. Os pro­gra­mas têm o pa­tro­cí­nio da Co­mis­são Eu­ro­peia e do Par­la­men­to Eu­ro­peu.

te­re­sa.de.sou­sa@pu­bli­co.pt

FRANCOIS LENOIR/REU­TERS

Os pro­gra­mas so­bre a Eu­ro­pa são da au­to­ria de Re­bec­ca Abe­cas­sis

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.