Edição Público Lisboa

Não fo­ram os ale­mães que fi­nan­ci­a­ram

- United Kingdom Ministry of Defence · Ministry of Defence of the Russian Federation · Germany

Um dos mi­tos que ain­da ho­je sub­sis­tem é que a pis­ci­na mu­ni­ci­pal de Be­ja foi pa­ga pe­lo Mi­nis­té­rio da De­fe­sa ale­mão co­mo uma das con­tra­par­ti­das pe­la cons­tru­ção da ba­se aé­rea que a Ale­ma­nha ins­ta­lou en­tre 1964 e 1966 na periferia da ci­da­de.

Na ver­da­de, os ale­mães de­ram um sub­sí­dio que ron­dou os 1500 con­tos (7500 eu­ros) “em tro­ca de con­di­ções es­pe­ci­ais na uti­li­za­ção da pis­ci­na pelos mi­li­ta­res ale­mães e as su­as fa­mí­li­as”. Es­tá es­cri­to no con­tra­to ce­le­bra­do em 22 de Ju­nho de 1966 en­tre a Câ­ma­ra de Be­ja e o Mi­nis­té­rio da De­fe­sa da Re­pú­bli­ca Fe­de­ral Ale­mã. “No âm­bi­to des­te acordo, a au­tar­quia re­nun­cia a exi­gir do usu­fru­tuá­rio a com­par­ti­ci­pa­ção em des­pe­sas de re­pa­ra­ção, con­ser­va­ção e quais­quer ou­tras de fun­ci­o­na­men­to”.

As­sim, to­das as ma­nhãs, e até à par­ti­da dos mi­li­ta­res ale­mães em 1993, a ci­da­de as­sis­tiu a um cor­te­jo de cri­an­ças lou­ras, na sua es­ma­ga­do­ra mai­o­ria, acom­pa­nha­das das mães a em­pur­rar car­ri­nhos de be­bé, que se di­ri­gi­am pa­ra a pis­ci­na de Be­ja.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal