Pór­ti­co Mi­nas e di­plo­ma­cia num país in­co­mum

JN História - - A Abrir - Pe­dro Ola­vo Si­mões Co­or­de­na­dor edi­to­ri­al

Te­rá Wins­ton Chur­chill di­to que Por­tu­gal es­ta­ria sem­pre do la­do dos ven­ce­do­res. Não se en­ga­nou, em­bo­ra uma leitura di­re­ta dessa fra­se não di­ga tu­do o que há a di­zer so­bre a pos­tu­ra de Oli­vei­ra Salazar du­ran­te a II Guer­ra Mun­di­al, pois a úni­ca prer­ro­ga­ti­va a que ele obe­de­cia era a de ele próprio sair ven­ce­dor, per­pe­tu­an­do-se no po­der e as­se­gu­ran­do, tan­to qu­an­to lhe fos­se pos­sí­vel, a in­te­gri­da­de do im­pé­rio por­tu­guês. Quan­do o equi­lí­brio de for­ças se in­ver­teu e, em 1944, a vi­tó­ria dos Ali­a­dos co­me­çou a de­se­nhar-se em de­fi­ni­ti­vo, o di­ta­dor por­tu­guês, sem­pre den­tro da neu­tra­li­da­de ofi­ci­al­men­te pro­cla­ma­da em 1939, abriu aos ame­ri­ca­nos a porta dos Aço­res, em­bo­ra des­con­fi­as­se pro­fun­da­men­te dos ame­ri­ca­nos, e fe­chou aos ale­mães a tor­nei­ra do volfrâmio, re­ne­gan­do qual­quer simpatia que pe­los ale­mães pu­des­se ter ti­do. O volfrâmio, o ou­ro ne­gro, a que es­ta edi­ção da JN His­tó­ria dá es­pe­ci­al ên­fa­se, se­rá, pro­va­vel­men­te, o me­lhor in­di­ca­dor da par­ti­ci­pa­ção de Por­tu­gal nu­ma guer­ra em que não par­ti­ci­pou. Não tan­to pe­lo mo­do co­mo en­cheu os co­fres do Es­ta­do e os bol­sos de quem an­dou nas mi­nas ou em re­dor de­las or­bi­tou, mas pe­la for­ma co­mo re­fle­tiu a ha­bi­li­da­de di­plo­má­ti­ca de Salazar. O volfrâmio, mi­né­rio que era essencial à in­dús­tria de ar­ma­men­to, foi de­ter­mi­nan­te pa­ra que a Ale­ma­nha na­zi não ti­ves­se a ve­lei­da­de de nos in­va­dir, pois sa­bia que, ao pri­mei­ro si­nal dessa in­ten­ção, os ingleses des­trui­ri­am to­das as mi­nas. E foi em re­dor des­se mi­né­rio que, no ter­ri­tó­rio na­ci­o­nal, os dois gran­des ini­mi­gos qua­se con­vi­ve­ram ami­ga­vel­men­te. Não é no­vi­da­de que Por­tu­gal se­ja in­co­mum. Sem­pre foi.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.