Bru­no de Car­va­lho dei­xa Spor­ting em ris­co fi­nan­cei­ro

Ape­sar do mo­men­to con­tur­ba­do que se vi­ve em Al­va­la­de, a Spor­ting SAD man­tém os pla­nos de avan­çar com uma emis­são de obri­ga­ções no va­lor de 15 mi­lhões de eu­ros até ao fi­nal des­te mês. Ál­va­ro So­bri­nho “re­ti­rou o ta­pe­te” à di­rec­ção li­de­ra­da por Bru­no de Carv

Jornal de Negócios - - PRIMEIRA PÁGINA - PE­DRO CURVELO pe­dro­cur­ve­lo@ne­go­ci­os.pt

ASo­ci­e­da­de Anó­ni­ma Des­por­ti­va (SAD) do Spor­ting tem pre­vis­ta uma emis­são obri­ga­ci­o­nis­ta no va­lor de 15 mi­lhões de eu­ros com ma­tu­ri­da­de de dois anos e meio e uma ta­xa de ju­ro de 6%. Fon­te ofi­ci­al do clu­be re­fe­riu ao Ne­gó­ci­os que “a ex­pec­ta­ti­va” é de que a emis­são pos­sa ocor­rer a par­tir de 28 de Maio. Pa­ra a cor­re­to­ra Pa­tris In­ves­ti­men­to, no en­tan­to, “um am­bi­en­te com es­te ti­po de in­cer­te­za de­sa­con­se­lha ope­ra­ções de mer­ca­do, co­mo se­ja a re­a­li­za­ção da ven­da de uma emis­são obri­ga­ci­o­nis­ta”, em­bo­ra res­sal­ve que, por se tra­tar de uma emis­são es­sen­ci­al­men­te des­ti­na­da a par­ti­cu­la­res, po­de­rá “ser mais di­fí­cil ava­li­ar o im­pac­to”. Em en­tre­vis­ta à edição des­ta quin­ta-fei­ra do Jor­nal do Spor­ting, Car­los Vi­ei­ra, vi­ce-pre­si­den­te do clu­be com o pe­lou­ro das Finanças e ad­mi­nis­tra­dor da SAD, re­fe­re-se a es­ta emis­são, con­si­de­ran­do que “nes­te pon­to há a ca­pa­ci­da­de. É is­so que va­mos ver ao mer­ca­do.” A en­tre­vis­ta foi con­ce­di­da na tar­de de ter­ça-fei­ra. Des­de en­tão, a si­tu­a­ção em Al­va­la­de tem so­fri­do al­te­ra­ções a um rit­mo ace­le­ra­do. Es­ta quin­ta-fei­ra à tar­de, já de­pois da de­mis­são em blo­co da me­sa da as­sem­bleia-ge­ral do Spor­ting e de di­ver­sos mem­bros de ou­tros ór­gão so­ci­ais do clu­be, Ál­va­ro So­bri­nho, pre­si­den­te da Hol­di­mo, que de­tém 29,85% da SAD, re­ti­rou a con­fi­an­ça na di­rec­ção li­de­ra­da por Bru­no de Car­va- lho e pe­diu a sua de­mis­são, em de­cla­ra­ções ao Jor­nal Eco­nó­mi­co. “A di­rec­ção da Spor­ting SAD não me­re­ce a con­fi­an­ça do se­gun­do mai­or ac­ci­o­nis­ta e de­ve apre­sen­tar a de­mis­são”, dis­se Ál­va­ro So­bri­nho, acres­cen­tan­do que a Hol­di­mo es­tá muito pre­o­cu­pa­da com a si­tu­a­ção na SAD e que tu­do fa­rá “pa­ra pre­ser­var os seus prin­ci­pais ac­ti­vos, que são os jo­ga­do­res”. Os ac­ci­o­nis­tas da Spor­ting SAD apro­va­ram a 11 de Maio, em as­sem­bleia-ge­ral, o adi­a­men­to pa­ra No­vem­bro des­te ano do re­em­bol­so das obri­ga­ções que che­ga­vam à ma­tu­ri­da­de es­te mês. Mas fal­ta, ain­da, a apro­va­ção em as­sem­bleia-ge­ral de obri­ga­ci­o­nis­tas, que es­tá mar­ca­da – em se­gun­da con­vo­ca­tó­ria, uma vez que na pri­mei­ra não foi con­se­gui­do o quó­rum obri­ga­tó­rio – pa­ra es­te do­min­go, 20 de Maio, pa­ra as 10 ho­ras, no dia em que se jo­ga a fi­nal da Ta­ça. Nes­ta se­gun­da con­vo­ca­tó­ria, não há quó­rum mí­ni­mo de pre­sen­ça, e a apro­va­ção tem de re­co­lher mai­o­ria de dois ter­ços dos vo­tos emi­ti­dos na as­sem­bleia. O adi­a­men­to pa­ra No­vem­bro diz res­pei­to a uma emis­são de 30 mi­lhões de eu­ros cu­jo re­em­bol­so es­tá agen­da­do pa­ra 25 de Maio. Na as­sem­bleia-ge­ral de ac­ci­o­nis­ta de 11 de Maio, da SAD fo­ram au­to­ri­za­das emis­sões obri­ga­ci­o­nis­tas de até um va­lor de 60 mi­lhões de eu­ros, a re­a­li­zar es­te ano, in­cluin­do a de 15 mi­lhões de eu­ros, com uma ta­xa de ju­ro de 6%, que a so­ci­e­da­de des­por­ti­va “tem a ex­pec­ta­ti­va” de re­a­li­zar a par­tir de 28 de Maio. A evo­lu­ção da si­tu­a­ção na SAD e no clu­be po­de­rá, con­tu­do, le­var ao adi­a­men­to da ida ao mer­ca­do, prin­ci­pal­men­te nu­ma al­tu­ra em que o se­gun­do mai­or ac­ci­o­nis­ta pe­diu a de­mis­são da di­rec­ção da so­ci­e­da­de des­por­ti­va e se vão so­man­do as dis­si­dên­ci­as nos ór­gãos so­ci­ais.

A de­mis­são de Bru­no de Car­va­lho do Spor­ting, clu­be e SAD, es­tá a ser pe­di­da por vá­ri­os ele­men­tos da pró­pria ins­ti­tui­ção.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.