Ac­ti­vi­da­des que pro­mo­vem o apa­re­ci­men­to de em­pre­sas ga­ze­la

In­dús­tria trans­for­ma­do­ra, co­mér­cio e cons­tru­ção fo­ram os três prin­ci­pais sec­to­res res­pon­sá­veis.

Jornal de Negócios - - NEGOCIO EM REDE -

A di­ver­si­da­de de em­pre­sas exis­ten­tes na re­gião Cen­tro é ele­va­da, co­e­xis­tin­do sec­to­res tra­di­ci­o­nais com sec­to­res de ba­se tec­no­ló­gi­ca. Ape­sar do cres­ci­men­to de áre­as co­mo as tec­no­lo­gi­as da in­for­ma­ção, co­mu­ni­ca­ção ee­lec­tró­ni­ca, ci­ên­ci­as da vi­da ou tu­ris­mo, agre­gan­do as em­pre­sas ga­ze­la por ac­ti­vi­da­de eco­nó­mi­ca, des­ta­cam-se a in­dús­tria trans­for­ma­do­ra, o co­mér­cio e a cons­tru­ção. Um quar­to des­tas em­pre­sas de­sen­vol­ve as su­as ac­ti­vi­da­des na in­dús­tria trans­for­ma­do­ra e, em con­jun­to com as ac­ti­vi­da­des do co­mér­cio (19,5%) e a cons­tru­ção (14,6%), re­pre­sen­tam cer­ca de 60% das em­pre­sas ga­ze­la da re­gião. Es­ta es­tru­tu­ra era se­me­lhan­te nas em­pre­sas ga­ze­la iden­ti­fi­ca­das nos três anos an­te­ri­o­res (Fi­gu­ras 2 e 3).

Cres­ci­men­to no vo­lu­me de ne­gó­ci­os e no em­pre­go

O vo­lu­me de ne­gó­ci­os das em­pre­sas ga­ze­la da re­gião Cen­tro cres­ceu de for­ma sig­ni­fi­ca­ti­va (363%) en­tre 2013 e 2016, com­pro­van­do que mes­mo em anos de mai­o­res cons­tran­gi­men­tos es­te ti­po de em­pre­sas con­se­guem con­ti­nu­ar a ex­pan­dir as su­as ac­ti­vi­da­des. Elas fac­tu­ra­ram 55 mi­lhões de eu­ros em 2013 e 256 mi­lhões de eu­ros em 2016. Im­por­ta re­fe­rir que 32% do vo­lu­me de ne­gó­ci­os, ou se­ja, 82 mi­lhões de eu­ros, é re­la­ti­vo a ex­por­ta­ções. Con­fir­ma-se igual­men­te a im­por­tân­cia pa­ra a cri­a­ção de um nú- me­ro muito sig­ni­fi­ca­ti­vo de pos­tos de tra­ba­lho. Es­se va­lor qua­se tri­pli­cou en­tre 2013 e 2016, pas­san­do de um vo­lu­me de em­pre­go de 1.178 tra­ba­lha­do­res pa­ra 3.090. Num cur­to es­pa­ço de tem­po, en­tre 2015 e 2016, es­tas em­pre­sas evi­den­ci­a­ram um cres­ci­men­to de 53% do seu vo­lu­me de ne­gó­ci­os e de 30% nos pos­tos de tra­ba­lho. O cres­ci­men­to mé­dio anu­al, en­tre 2013 e 2016, foi de 67% no vo­lu­me de ne­gó­ci­os, va­ri­an­do en­tre 56% nas mi­cro e 71% nas mé­di­as em­pre­sas. No em­pre­go, o cres­ci­men­to mé­dio anu­al foi mais re­du­zi­do, des­ta­can­do-se as mé­di­as em­pre­sas, com 43,3%.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.