Clas­se exe­cu­ti­va

Ban­cos com mas­sa­gens, fri­go­rí­fi­co, co­pos em cris­tal, o XC90 Ex­cel­len­ce é o mo­de­lo mais lu­xu­o­so da his­tó­ria da Vol­vo. Hí­bri­do re­car­re­gá­vel, ofe­re­ce o má­xi­mo con­for­to e pra­zer de con­du­ção.

Jornal de Negócios - - WEEKEND NEGOCIOS - ADRIANO OLI­VEI­RA Ga­le­ria de fo­tos em ne­go­ci­os.pt

Lu­xo, con­for­to ao mais al­to ní­vel, equi­pa­men­tos ex­clu­si­vos e um po­ten­te e efi­ci­en­te con­jun­to mo­to­pro­pul­sor hí­bri­do re­car­re­gá­vel é o que pro­põe o Vol­vo XC90 T8 Ex­cel­len­ce, a ver­são mais lu­xu­o­sa e mais ca­ra da his­tó­ria do cons­tru­tor su­e­co.

Cons­truí­da sob a pla­ta­for­ma SPA, a mesma do tra­di­ci­o­nal XC90 de 5 ou 7 lu­ga­res, a va­ri­an­te Ex­cel­len­ce dis­tin­gue-se não só a ní­vel de aca­ba­men­to in­te­ri­or, mas tam­bém por ofe­re­cer ape­nas qu­a­tro lu­ga­res. Ex­te­ri­or­men­te, é iden­ti­fi­cá­vel pe­los fri­sos cro­ma­dos nos mon­tan­tes das por­tas e pe­las jan­tes de li­ga leve de 21 po­le­ga­das.

Os dois pas­sa­gei­ros ins­ta­la­dos atrás be­ne­fi­ci­am de ha­bi­ta­bi­li­da­de ex­cep­ci­o­nal e de uma at­mos­fe­ra de tran­qui­li­da­de e lu­xo. Es­pa­ço não fal­ta e os ban­cos in­di­vi­du­ais, muito con­for­tá­veis, são ven­ti­la­dos e ajus­tá­veis de sé­rie. Dis­põem de fun­ção de mas­sa­gem e apoio pa­ra os pés. São um con­vi­te pa­ra vi­a­jar. Dois gran­des ecrãs co­lo­ca­dos nas cos­tas dos as­sen­tos da fren­te per­mi­tem as­sis­tir a um fil­me e ao mes­mo tem­po be­ber uma ta­ça de cham­pa­nhe.

A Vol­vo tam­bém me­lho­rou a in­so­no­ri­za­ção do ha­bi­tá­cu­lo, iso­lan­do com um vi­dro o es­pa­ço do com­par­ti­men­to da ba­ga­gem e equi­pan­do o XC90 com pneus es­pe­ci­ais da Pi­rel­li, pa­ra re­du­zir o ruí­do do ro­la­men­to.

Me­ca­ni­ca­men­te, uti­li­za um con­jun­to mo­to­pro­pul­sor T8 (Twin En­gi­ne) AWD Plug-in Hy­brid, com um mo­tor 2.0 li­tros tur­bo a ga­so­li­na e um mo­tor eléc­tri­co no ei­xo tra­sei­ro. O con­su­mo mé­dio ho­mo­lo­ga­do é de 2,1 li­tros aos 100 km e a au­to­no­mia eléc­tri­ca é de 43 qui­ló­me­tros.

Em es­tra­da, o XC90 T8 Ex- cel­len­ce ofe­re­ce cin­co mo­dos de con­du­ção – Hy­brid, Pu­re, Power, AWD (All Whe­el Dri­ve) e Sa­ve –, fa­cil­men­te se­lec­ci­o­ná­veis atra­vés de um pe­que­no se­lec­tor ro­ta­ti­vo na con­so­la cen­tral ou no ecrã tác­til cen­tral no pai­nel de bor­do.

Pa­ra quem gos­ta de uma con­du­ção mais di­nâ­mi­ca, o mo­do Power é o mais in­te­res­san­te já que o mo­tor a ga­so­li­na es­tá pra­ti­ca­men­te sem­pre em fun­ci­o­na­men­to e as re­cu­pe­ra­ções são mais vi­vas. Es­te mo­do eli­mi­na a pas­sa­gem de tran­si­ção en­tre os dois mo­to­res (com­bus­tão e eléc­tri­co), que é mais evi­den­te no mo­do Hy­brid e que con­ju­ga os melhores de­sem­pe­nhos e con­su­mos re­du­zi­dos.

Pa­ra ti­rar par­ti­do do si­lên­cio e da su­a­vi­da­de do mo­do eléc­tri­co, é ne­ces­sá­rio se­lec­ci­o­nar o mo­do Pu­re. Se é di­fí­cil de al­can­çar a au­to­no­mia anun­ci­a­da, é per­fei­ta­men­te pos­sí­vel cir­cu­lar sem re­cur­so ao mo­tor a ga­so­li­na. Nes­te ca­so, a ve­lo­ci­da­de máxima é de 125 km/h. Es­go­ta­da a ca­pa­ci­da­de das ba­te­ri­as, po­de pas­sar-se pa­ra o mo­do Sa­ve pa­ra as re­car­re­gar.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.