O MENU CAMILIANO DE RE­NA­TO CU­NHA

VI­LA NOVA DE FA­MA­LI­CÃO O res­tau­ran­te Fer­ru­gem, na Por­te­la, já es­tá a ser­vir as su­as pro­pos­tas gas­tro­nó­mi­cas ins­pi­ra­das na obra de Ca­mi­lo Cas­te­lo Bran­co. Tu­do sa­bo­res regionais mi­nho­tos com mão de chef.

Jornal de Notícias - JN + Evasões - - SUMÁRIO - TEX­TO DE LUÍ­SA MA­RI­NHO FOTOGRAFIAS DE MI­GUEL PE­REI­RA/GI

O cri­a­ti­vo chef do Fer­ru­gem, em Fa­ma­li­cão, ho­me­na­geia sa­bo­res mi­nho­tos com menu que in­te­gra a Rota Ca­mi­li­a­na.

Ao­bra de Ca­mi­lo Cas­te­lo Bran­co não é par­ca em re­fe­rên­ci­as a co­mi­da. Li­vros co­mo Eu­sé­bio Ma­cá­rio, Co­ra­ção, Ca­be­ça e Estô­ma­go ou A Bra­si­lei­ra de Pra­zins são dis­so exem­plo. E é nes­te úl­ti­mo ro­man­ce que o chef Re­na­to Cu­nha, do res­tau­ran­te Fer­ru­gem, na Por­te­la, se ins­pi­rou pa­ra cri­ar o seu Menu Camiliano.

O de­sa­fio foi lan­ça­do pe­lo Cen­tro de Es­tu­dos Ca­mi­li­a­nos – Ca-

sa de Ca­mi­lo, que se de­di­ca à pre­ser­va­ção e à divulgação da obra do au­tor, ge­rin­do tam­bém a ca­sa on­de o es­cri­tor vi­veu as úl­ti­mas dé­ca­das da sua vi­da, em São Mi­guel de Sei­de, e a Rota Ca­mi­li­a­na. «Con­vi­da­ram-me an­tes das fé­ri­as e quan­do vol­tei já ti­nha pro­pos­tas a mos­trar», ex­pli­ca o chef. Qu­em pe­dir o menu re­ce­be­rá na me­sa uma car­ta on­de es­tão trans­cri­tas as pas­sa­gens que mo­ti­va­ram os qua­tro mo­men­tos da re­fei­ção.

As sar­di­nhas em es­ca­be­che, que no li­vro apa­re­cem a ser de­vo­ra­das por um fal­sá­rio que se faz pas­sar por um D. Mi­guel es­fo­me­a­do, é o pri­mei­ro mo­men­to, se­guin­do-se ao pre­lú­dio de pão, pa­ta­nis­cas e pre­sun­to de por­co bí­sa­ro. As sar­di­nhas, ma­ri­na­das e bra­se­a­das, são acom­pa­nha­das por um chut­ney de ce­bo­la e com­po­ta agri­do­ce de pi­men­to. Os aro­mas tra­di­ci­o­nais con­ti­nu­am no cal­do de fei­jo­ca que se se­gue. De­pois, lim­pa- -se o pa­la­to com mous­se de li­mão e ge­ne­bra pa­ra pre­pa­rar o ter­cei­ro mo­men­to: ga­lo de ra­ça ama­re­la e ar­roz ca­ro­li­no. Tu­do em­bru­lha­do num ar­roz de ca­bi­de­la cre­mo­so. A so­bre­me­sa é um ar­roz-do­ce es­pe­ci­al. «Uma mis­tu­ra de ar­roz-do­ce e lei­te-cre­me», diz o chef. O re­ma­te é fei­to com ca­fé e um qua­dra­di­nho de tou­ci­nho-do-céu.

Har­mo­ni­zar com os vi­nhos su­ge­ri­dos pe­lo chef pro­por­ci­o­na uma ex­pe­ri­ên­cia mais com­ple­ta. O pri­mei­ro é o re­gi­o­nal mi­nho­to bran­co Vi­nha da Bou­ça. Pa­ra acom­pa­nhar o se­gun­do e o ter­cei­ro mo­men­to, su­ge­re-se o ver­de tin­to Par­dus­co Pri­va­te. O Cot­tas Por­to Tawny fi­ca pa­ra a so­bre­me­sa. E che­ga ao fim o «co­pi­o­so al­mo­ço», co­mo di­ria Ca­mi­lo. l

FER­RU­GEM

Rua das Pe­dri­nhas, 32, Por­te­la Tel.: 252911700. Das 12h30 às 14h30 e das 20h00 às 22h30. En­cer­ra do­min­go ao jan­tar e se­gun­da-fei­ra.. Pre­ço do Menu Camiliano: 40 eu­ros (har­mo­ni­za­ção com vi­nhos acres­cen­ta 20 eu­ros)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.