Co­mo pre­pa­rar o seu ani­mal pa­ra a che­ga­da de um be­bé?

Os pais che­gam pe­la pri­mei­ra vez a ca­sa vin­dos da ma­ter­ni­da­de e, com eles, as eter­nas dú­vi­das: co­mo vai o ani­mal re­a­gir ao mais no­vo mem­bro da fa­mí­lia? Co­mo an­te­ci­par com­por­ta­men­tos? E o que fa­zer pa­ra con­vi­ve­rem em har­mo­nia?

Jornal de Notícias - JN + Noticias Magazine - - BEM- ESTAR - Tex­to Ana Pa­go Fo­to­gra­fia Shut­ters­tock

Ter ani­mais de es­ti­ma­ção é das me­lho­res coi­sas pa­ra uma criança, po­rém nem sem­pre pen­sa­mos que a che­ga­da de um be­bé ao agre­ga­do fa­mi­li­ar po­de, igual­men­te, re­sul­tar em stress pa­ra o ani­mal se não for acau­te­la­da. Alguns do­nos che­gam a dá-los du­ran­te a gravidez ou após o par­to quan­do alguns cui­da­dos sim­ples che­gam, qua­se sem­pre, pa­ra ga­ran­tir um con­ví­vio se­gu­ro. Depois é só vê -los cres­ce­rem jun­tos, co­mo me­lho­res ami­gos.

É IM­POR­TAN­TE DEI­XAR O ANI­MAL CHEIRAR A BAR­RI­GA DA DO­NA GRÁVIDA, O QUAR­TO DO BE­BÉ, O AM­BI­EN­TE – E MAIS TAR­DE O PRÓ­PRIO BE­BÉ.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.