Des­por­to, o se­gre­do pa­ra uma vi­da sau­dá­vel

A prá­ti­ca de exercício fí­si­co só traz coi­sas bo­as à nos­sa vi­da. Sa­bi­as que o des­por­to aju­da, até, a ter me­lho­res no­tas? O TAG ex­pli­ca-te tu­do.

Jornal de Notícias - JN + Noticias Magazine - - Espaço T - POR Sofia Es­te­ves Teixeira

A fal­ta de exercício fí­si­co é, nos di­as de ho­je, um dos mai­o­res pro­ble­mas de saú­de pública. Sa­bi­as que a ina­ti­vi­da­de física é res­pon­sá­vel pe­lo apa­re­ci­men­to de mui­tas do­en­ças crónicas e de­ge­ne­ra­ti­vas?

An­dré Se­a­bra, pro­fes­sor na Fa­cul­da­de de Des­por­to da Uni­ver­si­da­de do Por­to e Di­re­tor da Portugal Fo­ot­ball Scho­ol, da Fe­de­ra­ção Por­tu­gue­sa de Fu­te­bol, es­te­ve à con­ver­sa com o TAG e con­fir­mou que “no mun­do, mais de 80% das cri­an­ças e ado­les­cen­tes re­ve­lam es­ti­los de vi­da que se con­si­de­ram pou­co ati­vos”. O pro­fes­sor ex­pli­cou tam­bém por que de­ves fa­zer des­por­to, apon­tan­do van­ta­gens pa­ra co­me­çar a in­se­ri-lo no teu dia-a-dia.

MAIS ATEN­ÇÃO, ME­LHO­RES RE­SUL­TA­DOS ES­CO­LA­RES

Pra­ti­car exercício fí­si­co po­de me­lho­rar os ní­veis de con­cen­tra­ção, aten­ção e me­mó­ria, o que po­de be­ne­fi­ci­ar, e mui­to, as tu­as no­tas na escola, bem co­mo di­mi­nuir maus com­por­ta­men­tos na sa­la de au­la.

DI­MI­NUI O RIS­CO DE OBE­SI­DA­DE

Além de ser bastante di­ver­ti­do e de pro­por­ci­o­nar bons mo­men­tos com os teus ami­gos, o des­por­to, jun­ta­men­te com uma boa ali­men­ta­ção, per­mi­te-te fin­tar a obe­si­da­de e o ex­ces­so de pe­so.

EVI­TA MUI­TAS DO­EN­ÇAS

A di­a­be­tes, do­en­ças car­di­o­vas­cu­la­res, hi­per­ten­são e al­guns ti­pos de can­cro são al­gu­mas das mui­tas do­en­ças que o des­por­to aju­da a re­tar­dar, tor­nan­do a tua vi­da mui­to mais sau­dá­vel.

DOR­MIR ME­LHOR

A prá­ti­ca de exercício fí­si­co alivia-te o stress e o can­sa­ço, o que te pos­si­bi­li­ta um me­lhor des­can­so du­ran­te a noi­te. Pas­sa­rás a ter um es­pí­ri­to mais oti­mis­ta e mui­to mai­or en­tu­si­as­mo pa­ra fa­zer as tu­as ati­vi­da­des e ta­re­fas diá­ri­as.

PRE­VI­NE O APA­RE­CI­MEN­TO DA OS­TE­O­PO­RO­SE

A os­te­o­po­ro­se é uma do­en­ça que provoca a di­mi­nui­ção da ab­sor­ção de cál­cio e a per­da de mas­sa ós­sea. Com a prá­ti­ca de exercício fí­si­co, po­des não só es­ti­mu­lar a for­ma­ção de mas­sa ós­sea, co­mo tam­bém evi­tar es­te pro­ble­ma que, ape­sar de ter ori­gem nos pri­mei­ros anos de vi­da, com­pli­cam-se mais na vi­da adul­ta.

AJU­DA-TE A SOCIALIZAR

Es­co­lhe­res pra­ti­car um des­por­to co­le­ti­vo aju­da-te a socializar com os teus ami­gos, a res­pei­tar as re­gras e a re­a­gir me­lhor a vá­ri­as si­tu­a­ções. Ca­so, por exemplo, per­cas um jo­go, o des­por­to en­si­na-te a li­dar com a tris­te­za e a frus- tra­ção da der­ro­ta. Ca­so ga­nhes al­gu­ma com­pe­ti­ção, me­lho­ra a tua au­to­es­ti­ma por con­se­gui­res uma vi­tó­ria tão boa pa­ra ti e pa­ra a tua equi­pa.

An­dré Se­a­bra re­fe­riu ao TAG que, de­vi­do aos mui­tos benefícios do des­por­to, con­vém “pro­mo­ve­ra ati­vi­da­de física des­de as ida­des mais bai­xas”. E dis­se porquê. “É fun­da­men­tal que se aju­dem as cri­an­ças e os ado­les­cen­tes a en­con­trar uma ati­vi­da­de des­por­ti­va que se­ja pa­ra elas a pre­fe­ren­ci­al e que lhes pro­por­ci­o­ne ex­pe­ri­ên­ci­as po­si­ti­vas e va­ri­a­das, di­ver­ti­men­to e mui­to su­ces­so. É igual­men­te im­por­tan­te que nes­sas ati­vi­da­des se en­vol­vam os ami­gos e os pais pois são ele­men­tos de­ci­si­vos na mo­de­la­ção de com­por­ta­men­tos e no en­co­ra­ja­men­to”, ar­gu­men­tou o pro­fes­sor.

O fu­te­bol é o des­por­to mais po­pu­lar e pre­fe­ri­do por to­das as ida­des. Mas há inú­me­ras mo­da­li­da­des que po­des pra­ti­car e com as quais te po­des divertir e, im­por­tan­te, ter uma vi­da mais sau­dá­vel. Va­mos jo­gar?

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.