Um len­ço que é mui­to mais do que um len­ço

A Par­fois lan­çou uma cam­pa­nha que pre­ten­de com­ba­ter o es­tig­ma das mu­lhe­res que per­dem o ca­be­lo por fa­zer tra­ta­men­tos de qui­mi­o­te­ra­pia. E aju­dar a ga­nhar a lu­ta de mui­tos con­tra o can­cro.

Jornal de Notícias - JN + Noticias Magazine - - Alma-Naque - POR Pe­dro Ema­nu­el San­tos

A ideia é so­li­dá­ria e foi lan­ça­da pe­la Par­fois, mar­ca por­tu­gue­sa de aces­só­ri­os fe­mi­ni­nos, pa­ra apoi­ar o Ins­ti­tu­to Por­tu­guês de On­co­lo­gia

(IPO). O ob­je­ti­vo é que a 19 de ou­tu­bro to­dos usem um len­ço na ca­be­ça. Não um len­ço qual­quer, mas um que lem­bre que há mu­lhe­res com can­cro da ma­ma que atra­ves­sam mo­men­tos de­li­ca­dos e pre­ci­sam de um ges­to for­te que lhes de­mons­tre apoio. E que há uma do­en­ça que po­de dei­xar mar­cas – fí­si­cas e na au­to­es­ti­ma – em quem bra­va­men­te a com­ba­te.

O pro­je­to cha­ma-se “But­ter­fly Ef­fect” (Efei­to Bor­bo­le­ta), a te­o­ria ci­en­tí­fi­ca que ga­ran­te que um pe­que­no ges­to po­de ter um gran­de im­pac­to glo­bal. Quem nun­ca ou­viu que o ba­ter de asas de uma bor­bo­le­ta no Ja­pão é ra­zão pa­ra uma tem­pes­ta­de do ou­tro la­do do pla­ne­ta? Foi pen­sa­do pe­la Par­fois pa­ra apoi­ar o IPO, que irá re­ce­ber 100% das re­cei­tas con­se­gui­das com a cam­pa­nha, as quais se­rão de­pois dis­tri­buí­das pe­las de­le­ga­ções de Lis­boa, do Por­to e de Coim­bra. E tem co­mo con­tex­to o Dia Mun­di­al do Can­cro da Ma­ma, que se as­si­na­la, pre­ci­sa­men­te, no dia 19. Os len­ços po­dem ser com­pra­dos já a par­tir de ama­nhã, dia 1, em qual­quer lo­ja da Par­fois – e são de­ze­nas, de nor­te a sul ou atra­vés do si­te www.but­ter­flyef­fect.pt. Há dois mo­de­los, am­bos com pa­drões co­lo­ri­dos, com o pre­ço de 19,90 e de 9,90 eu­ros, de­pen­den­do do te­ci­do.

“Um pe­que­no ges­to po­de ter um gran­de im­pac­to. E o uso ge­ne­ra­li­za­do de um len­ço na ca­be­ça é uma de­mons­tra­ção in­crí­vel de em­pa­tia e de so­li­da­ri­e­da­de, uma for­ma de com­ba­ter os es­tig­mas com que mui­tas ve­zes as mu­lhe­res com can­cro da ma­ma se de­ba­tem”, de­fi­ne

Su­sa­na Co­er­ver, di­re­to­ra de mar­ke­ting da Par­fois.

Tais es­tig­mas pren­dem-se com a con­sequên­cia mais vi­sí­vel ex­te­ri­or­men­te pa­ra os do­en­tes com can­cro que en­fren­tam o tra­ta­men­to de qui­mi­o­te­ra­pia: a que­da do ca­be­lo. O uso de len­ços pe­las mu­lhe­res foi das for­mas des­de sem­pre por elas en­con­tra­das pa­ra con­tor­nar um pe­río­do em que o diá­lo­go com o pró­prio cor­po por ve­zes atin­ge pi­cos di­fí­ceis de li­dar. Em que olhar o espelho po­de ser ta­re­fa in­gra­ta e sair à rua tor­tu­ra mo­ti­va­da pe­lo re­ceio do al­can­ce de olha­res alhei­os.

O ide­al é que se­jam fi­nos, de ma­te­ri­ais co­mo se­da, ce­tim ou al­go­dão, que pro­te­jam do frio e não cau­sem trans­pi­ra­ção em di­as de mais ca­lor. Fi­nos, mas re­sis­ten­tes, que não es­cor­re­guem da ca­be­ça com fa­ci­li­da­de mas tam­bém não a com­pri­mam. E com ta­ma­nho su­fi­ci­en­te pa­ra que pos­sam ser uti­li­za­dos de vá­ri­as for­mas e com­bi­na­ções, pa­ra que não se tor­nem mo­no­tó­nos.

La­ran­ja Pon­tes, pre­si­den­te do Con­se­lho de Ad­mi­nis­tra­ção do IPO-Por­to, acre­di­ta que “ini­ci­a­ti­vas in­te­res­san­tes” co­mo a lan­ça­da pe­la Par­fois “fa­zem a ale­gria de mi­no­rar o im­pac­to tran­si­tó­rio nas mu­lhe­res com can­cro da ma­ma”. Es­se ti­po de tu­mor é, de lon­ge, o que mais afe­ta o se­xo fe­mi­ni­no: 29% dos ca­sos, se­gun­do da­dos do Re­gis­to On­co­ló­gi­co Re­gi­o­nal do Nor­te (Ro­re­no). Se­guem-se os do có­lon (10,1%), da ti­rói­de (8,2%) e do estô­ma­go (7,1%). E ou­tu­bro é mês de o lem­brar, com inú­me­ras ini­ci­a­ti­vas de sen­si­bli­za­ção pa­ra es­ta e ou­tras cau­sas. Dia 4, quin­ta-fei­ra, o IPO re­a­li­za uma ga­la so­li­dá­ria, no Co­li­seu do Por­to, que vai ho­me­na­ge­ar pos­tu­ma­men­te Zé Pe­dro, dos Xu­tos & Pon­ta­pés. ●m

Há dois mo­de­los, am­bos com pa­drões co­lo­ri­dos. Os pre­ços, 19,90 ou 9,90 eu­ros, de­pen­dem do te­ci­do

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.