A mu­dan­ça!

Men's Health (Portugal) - - Este Mês -

To­da a mu­dan­ça im­pli­ca sair da zo­na de con­for­to. Mas porquê? Por que ra­zão de­ve­mos sair de uma zo­na que tan­to nos con­for­ta? É cer­to que to­dos pro­cu­ra­mos mu­dar al­go, se­ja em nós, nos ou­tros ou no mun­do. Mas, mes­mo sa­ben­do que tu­do mu­da e evo­lui cons­tan­te­men­te, ten­de­mos a re­sis­tir à mu­dan­ça, se­ja ela qual for: de em­pre­go, de país ou até de es­ti­lo de vi­da! Pa­re­ce-nos mui­to mais con­for­tá­vel aco­mo­dar­mo-nos e dei­xar que os di­as pas­sem co­mo até aqui. Mas se­rá que is­so che­ga pa­ra ser­mos fe­li­zes? Ca­da um de­ve en­con­trar a sua res­pos­ta.

Há mu­dan­ças que nos são pra­ti­ca­men­te im­pos­tas, mas há ou­tras que im­po­mos a nós pró­pri­os. E é nes­sas que nos de­ve­mos con­cen­trar, pois mu­dar tam­bém é po­si­ti­vo. Agi­tar as águas. É cer­to que a mu­dan­ça acar­re­ta ris­co e in­se­gu­ran­ça, mas tam­bém nos dá mais vontade de fa­zer al­go di­fe­ren­te, de co­nhe­cer no­vas pes­so­as, lu­ga­res e re­a­li­da­des. Po­rém, es­ta mu­dan­ça só faz sen­ti­do se a qui­ser­mos, de fac­to, en­fren­tar e su­pe­rar! Mu­dar não sig­ni­fi­ca es­que­cer o pas­sa­do. Aliás, o que se apren­deu e vi­veu é o ali­cer­ce pa­ra a cons­tru­ção de al­go no­vo. Por­tan­to, di­ria que, se há al­go que sem­pre quis mu­dar, pes­so­al ou pro­fis­si­o­nal­men­te, vá em fren­te. Con­te com a Men’s He­alth pa­ra o apoi­ar nes­se ca­mi­nho, ou não fos­se o in­cen­ti­vo à mu­dan­ça o ADN da nos­sa li­nha edi­to­ri­al.

Es­te mês até a MH mu­dou! Se­ria mais con­for­tá­vel man­ter o que fa­ze­mos há anos, mas não. Tam­bém nós saí­mos da zo­na de con­for­to e mu­dá­mo-nos pa­ra ou­tro gru­po edi­to­ri­al, a Glo­bal Me­dia Group, te­mos um no­vo si­te (menshe­alth.pt) e uma re­vis­ta de “ca­ra la­va­da”. No­vo de­sign, no­vas sec­ções, mais in­for­ma­ção e uti­li­da­de. A úni­ca coi­sa que não mu­da­rá é a re­la­ção que te­mos con­si­go há mais de 16 anos. Man­te­mos o com­pro­mis­so de lhe tra­zer men­sal­men­te idei­as, di­cas e con­se­lhos que o pos­sam aju­dar a su­pe­rar-se em to­dos os as­pe­tos da sua vi­da. Em su­ma: nós mu­dá­mos pa­ra con­ti­nu­ar a ser os mes­mos, mas me­lho­res! Fa­ça o mes­mo!

Um abra­ço,

P.S.: Nes­ta edi­ção “vi­a­ja­mos” por to­do o mun­do pa­ra lhe su­ge­rir des­ti­nos de pu­ra adre­na­li­na, re­cei­tas in­ter­na­ci­o­nais e lu­ga­res out­do­or pa­ra trei­nar (p.74). No fi­nal da re­vis­ta, en­con­tra um es­pe­ci­al de fit­ness pa­ra o aju­dar a eli­mi­nar o “pe­so” das fé­ri­as (p.119).

Fe­liz. Sau­dá­vel. Prá­ti­co. Atu­al. Po­si­ti­vo. Des­por­tis­ta. Am­bi­ci­o­so. Com­pe­ti­ti­vo. De bem com a vi­da. Es­te é o Ho­mem Men’s He­alth.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.