A mu­dan­ça que quer ver em si

Men's Health (Portugal) - - Diretor -

Es­cre­vo es­te edi­to­ri­al em vi­a­gem do Por­to pa­ra Lisboa. Foi um dia de reu­niões na Ci­da­de In­vic­ta pa­ra ali­nha­var os de­ta­lhes do Men’s e Wo­men’s HE­ALTH FEST by Vi­ta­lis que, qu­an­do es­ti­ver a ler es­ta pá­gi­na, já acon­te­ceu. Mes­mo es­cre­ven­do por an­te­ci­pa­ção, es­tou cer­to de que fo­ram dois di­as ines­que­cí­veis em que par­ti­lhá­mos com os lei­to­res os nos­sos ide­ais de es­ti­lo de vi­da sau­dá­vel. Te­nho a cer­te­za de que es­te foi o pri­mei­ro de mui­tos He­alth Fests.

O gran­de des­ta­que des­ta edi­ção vai pa­ra o chef Jo­sé Avillez que acei­tou o de­sa­fio que lhe fiz há uns me­ses e, no meio da sua agen­da com­pli­ca­dís­si­ma, con­se­guiu mu­dar o cor­po ten­do em con­ta os de­ta­lhes ine­ren­tes a es­tar na ca­pa da Men’s He­alth. Se­ria cli­ché afir­mar que o nor­mal é ver­mos chefs e co­zi­nhei­ros gor­di­nhos – pu­de­ra, es­tão sem­pre na co­zi­nha e a ter de ex­pe­ri­men­tar co­mi­da! Po­rém, Jo­sé Avillez é a an­tí­te­se de tu­do is­so. Ele é mais um exem­plo e uma pro­va de que dar des­cul­pas pa­ra não trei­nar es­tá ape­nas na ca­be­ça de qu­em o diz ou faz. Ima­gi­ne só: o chef por­tu­guês ge­re um ne­gó­cio com mais de 600 pes­so­as; a sua pro­fis­são exi­ge um ní­vel de cons­tan­te su­pe­ra­ção e con­cen­tra­ção; vi­a­ja imen­so pa­ra pro­cu­rar ins­pi­ra­ção e for­ma­ção – vi­a­jou cer­ca de 20 ve­zes nos úl­ti­mos cin­co me­ses; é um ho­mem de fa­mí­lia; tem al­gu­mas in­to­le­rân­ci­as ali­men­ta­res e di­fi­cul­da­des em dor­mir .... Ele po­dia dar a des­cul­pa pa­ra não trei­nar, cer­to? Mas não o faz e mais, ain­da con­se­guiu su­pe­rar es­te de­sa­fio com dis­tin­ção. A ver­da­de é que o mai­or dos seus se­gre­dos es­tá exa­ta­men­te no des­por­to en­quan­to pon­to de equi­lí­brio e no cui­da­do que tem com a ali­men­ta­ção.

O ob­je­ti­vo com es­te de­sa­fio foi ga­nhar mais vo­lu­me mus­cu­lar e tra­ba­lhar a de­fi­ni­ção. E Avillez su­pe­rou tu­do com mé­ri­to e al­gu­ma di­ver­são. Qu­e­ro ex­por aqui o meu agra­de­ci­men­to pe­la for­ma em­pe­nha­da com que en­ca­rou es­te pro­ces­so e nos deu a pos­si­bi­li­da­de de ter na ca­pa aque­le que ago­ra é, pro­va­vel­men­te, o chef em me­lhor for­ma de Por­tu­gal. No ge­ral, fo­ram qu­a­tro/cin­co me­ses em que ga­nhou cer­ca de qu­a­tro qui­los de músculo e um ín­di­ce de mas­sa gor­da de ape­nas 5,6%! Es­tá a ima­gi­nar? Por­tan­to, na pró­xi­ma vez que al­guém lhe dis­ser que tem tan­to tra­ba­lho que não con­se­gue ir ao gi­ná­sio ou fa­zer ati­vi­da­de des­por­ti­va, mos­tre-lhe es­ta re­vis­ta na pá­gi­na 64.

Es­pe­ro que o exem­plo de Jo­sé Avillez o ins­pi­re. Co­mo é ób­vio, es­ta re­vis­ta traz mais de 50 exer­cí­ci­os e apoio nu­tri­ci­o­nal pa­ra aju­dar a (re)co­me­çar a ter um es­ti­lo de vi­da sau­dá­vel. Es­tou cer­to de que te­mos aqui in­for­ma­ção útil pa­ra o apoi­ar na mu­dan­ça que quer ver em si e que sei que me­re­ce.

Um abra­ço,

PS: Nes­te mês in­ten­si­fi­ca­rei a pre­pa­ra­ção pa­ra a Spar­tan Ra­ce de dia 1 de de­zem­bro, em Va­lên­cia. Acom­pa­nhem nas re­des so­ci­ais.

CAR­TA DO Fe­liz. Sau­dá­vel. Prá­ti­co. Atu­al. Po­si­ti­vo. Des­por­tis­ta. Com­pe­ti­ti­vo. De bem com a vi­da. Es­te é o ho­mem Men’s He­alth.Vo­cê!

@pe­dro­lu­cas_­menshe­althabout­men.menshe­alth.com.ptpe­dro.lu­cas@glo­bal­me­di­a­group.pt

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.