OB­JE­TO DE CUL­TO

Metro Portugal (Lisbon) - - LAZER - CA­TA­RI­NA PODEROSO

O seu no­me vem do ta­ga­lo, lín­gua fa­la­da nas Fi­li­pi­nas, e qu­er di­zer “vol­ta aqui”. No en­tan­to, a sua ori­gem fi­li­pi­na não é pa­cí­fi­ca – há qu­em di­ga que vem da Gré­cia an­ti­ga, da Ín­dia ou até da Chi­na. Os his­to­ri­a­do­res afir­mam que, an­tes de en­tre­ter mi­lha­res de cri­an­ças, o ioiô era usa­do nas Fi­li­pi­nas, no sé­cu­lo XVI, pe­los ca­ça­do­res que se es­con­di­am atrás de ár­vo­res e os lan­ça­vam às su­as pre­sas e que, ca­so fa­lhas­sem, a cor­da da­va-lhes no­va opor­tu­ni­da­de de ata­que. Nos tem­pos mo­der­nos, o “bo­om” do ioiô deu-se em 1962, quan­do o fi­li­pi­no Pe­dro Flo­res cri­ou uma em­pre­sa de ioi­ôs na Ca­li­fór­nia – só no pri­mei­ro ano ven­de­ram-se 45 mi­lhões de ioi­ôs nos EUA. Cu­ri­o­si­da­de: nes­sa al­tu­ra a po­pu­la­ção de cri­an­ças não pas­sa­va dos 40 mi­lhões.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.