PKK anun­cia fim do ces­sar-fo­go e pe­de a cur­dos que au­men­tem re­sis­tên­cia

Metro Portugal (Lisbon) - - PRIMEIRA PÁGINA -

O gru­po ar­ma­do do Par­ti­do dos Tra­ba­lha­do­res do Cur­dis­tão (PKK) anun­ci­ou on­tem o fim do ces­sar-fo­go que cum­pria des­de 10 de ou­tu­bro pa­ra não in­ter­fe­rir nas elei­ções ge­rais da Tur­quia re­a­li­za­das no pas­sa­do do­min­go.

Um co­mu­ni­ca­do da li­de­ran­ça do PKK, di­vul­ga­do pe­la Nu­ce TV, pró­xi­ma da guer­ri­lha, in­di­cou que o pe­río­do de “ina­ção” ter­mi­nou e pe­diu ao po­vo cur­do pa­ra “au­men­tar a re­sis­tên­cia”. A 10 de ou­tu­bro, ho­ras de­pois do aten­ta­do ji­a­dis­ta que ma­tou cen­to e du­as pes­so­as nu­ma mar­cha pe­la paz em An­ca­ra, o PKK anun­ci­ou que sus­pen­de­ria to­dos os seus ata­ques e re­ti­ra­va as su­as uni­da­des pa­ra po­si­ções na mon­ta­nha, em­bo­ra re­ser­van­do-se o di­rei­to de se de­fen­der de even­tu­ais ata­ques.

A me­di­da foi to­ma­da co­mo ho­me­na­gem às ví­ti­mas do aten­ta­do e pa­ra não in­ter­fe­rir nas elei­ções.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.