Rús­sia es­pe­ra anún­cio de in­ves­ti­ga­do­res

Egi­to. Mos­co­vo des­va­lo­ri­zou as “es­pe­cu­la­ções” so­bre a que­da do avião rus­so no Si­nai, após o Rei­no Uni­do e os EUA te­rem ad­mi­ti­do que es­ta po­de ter si­do pro­vo­ca­da por uma bom­ba.

Metro Portugal (Lisbon) - - MUNDO -

“To­das as versões so­bre o que se pas­sou e as ra­zões pe­las quais is­to acon­te­ceu de­vem ser apre­sen­ta­das pe­los in­ves­ti­ga­do­res e, até ago­ra, não ou­vi­mos ne­nhum anún­cio dos in­ves­ti­ga­do­res”, dis­se à im­pren­sa o por­ta-voz do Krem­lin, Dmi­try Pes­kov. “To­das as ou­tras ex­pli­ca­ções são in­for­ma­ções não con­fir­ma­das ou es­pe­cu­la­ções”, acres­cen­tou.

O por­ta-voz da pre­si­dên­cia rus­sa as­se­gu­rou que Mos­co­vo “não po­de afas­tar ne­nhu­ma ver­são” so­bre as cau­sas do aci­den­te, mas in­sis­tiu que não hou­ve até ao mo­men­to ne­nhu­ma con­clu­são. O Rei­no Uni­do e a Ir­lan­da sus­pen­de­ram tem­po­ra­ri­a­men­te os vo­os de e pa­ra a es­tân­cia tu­rís­ti­ca egíp­cia de Sharm el-Sheikh, de on­de par­tiu o avião aci­den­ta­do no sá­ba­do. Pes­kov afir­mou que “vo­ar ou não vo­ar pa­ra al­gum lo­cal é um di­rei­to so­be­ra­no” do Rei­no Uni­do, mas acres­cen­tou que os aviões rus­sos con­ti­nu­am a vo­ar pa­ra aque­la re­gião.

Re­cor­de-se que na ter­ça-fei­ra, num co­mu­ni­ca­do, o go­ver­no bri­tâ­ni­co afir­mou es­tar “pre­o­cu­pa­do por­que o avião po­de bem ter-se des­pe­nha­do de­vi­do a um en­ge­nho ex­plo­si­vo”. Um res­pon­sá­vel dos EUA ad­mi­tiu no mes­mo dia que a ex­plo­são de uma bom­ba no apa­re­lho é “um ce­ná­rio al­ta­men­te pos­sí­vel”.

En­tre­tan­to, a com­pa­nhia de avi­a­ção ale­mã Lufthan­sa anun­ci­ou on­tem que “por mo­ti­vos de pre­cau­ção” fi­cam in­ter­rom­pi­das as li­ga­ções aé­re­as com des­ti­no a Sharm el-Sheikh, no Egi­to, pa­ra on­de re­a­li­za dois vo­os se­ma­nais.

REUTERS

O aci­den­te aé­reo do úl­ti­mo sá­ba­do foi rei­vin­di­ca­do pe­lo ra­mo egíp­cio do gru­po ter­ro­ris­ta do Es­ta­do Is­lâ­mi­co co­mo aten­ta­do.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.