A res­pos­ta su­pre­ma

Metro Portugal (Lisbon) - - LAZER -

Já ou­vi de di­fe­ren­tes pro­fis­si­o­nais li­ga­dos à área da saú­de men­tal: to­das as pes­so­as car­re­gam em seu ín­ti­mo um so­fri­men­to la­ten­te, uma de­pres­são, mí­ni­ma que se­ja. O va­zio in­di­vi­du­al ro­bus­te­ce o va­zio co­le­ti­vo. Na me­di­da em que os anos pas­sam, evo­lu­em as nos­sas am­bi­ções, pois é da vi­da bus­car no­vas ex­pe­ri­ên­ci­as e ver­da­des. Ain­da que nos es­for­ce­mos, não há, pa­ra um ser pen­san­te, exis­tên­cia sem pro­pó­si­to. E a úni­ca for­ma de pre­en­cher um pro­pó­si­to es­tá em en­con­trar ca­da um de nós. As pes­so­as são as úni­cas cons­tan­tes nes­se uni­ver­so de va­riá­veis. Tal­vez es­te­ja aí a res­pos­ta su­pre­ma, a mai­or des­co­ber­ta de nos­sa ra­ça. Tu­do é pas­sa­gei­ro, ex­ce­to es­te exa­to mo­men­to. O pas­sa­do es­tá es­cri­to. O fu­tu­ro es­tá em cons­tru­ção. O po­der do ago­ra cons­ti­tui nos­so gran­de trun­fo. Ja­mais se es­que­ça dis­so.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.