In­cer­te­za quan­to ao des­ti­no do men­tor

Fran­ça. Mor­te do cé­re­bro dos aten­ta­dos de sex­ta-fei­ra em Pa­ris não foi con­fir­ma­da pe­lo pro­cu­ra­dor-ge­ral, mas ain­da não se iden­ti­fi­ca­ram as ví­ti­mas mor­tais da ope­ra­ção po­li­ci­al de on­tem.

Metro Portugal (Lisbon) - - PRIMEIRA PÁGINA - LUÍS CAR­MO

Au­to­ri­da­des sem re­ve­lar “nú­me­ro exa­to e iden­ti­da­de dos mor­tos” de ação po­li­ci­al em Saint-De­nis

Fran­çois Mo­lins dis­se on­tem que não po­dia dar “um nú­me­ro exa­to e a iden­ti­da­de dos mor­tos, em­bo­ra ha­ja pe­lo me­nos du­as ví­ti­mas mor­tais” re­sul­tan­tes da ope­ra­ção an­ti­ter­ro­ris­ta em Saint-De­nis. E acres­cen­tou: “Pos­so di­zer que Aba­a­oud e Sa­lah Ab­des­lam não es­tão en­tre os de­ti­dos.” Ab­de­lha­mid Aba­a­oud e Sa­lah Ab­des­lam são os prin­ci­pais sus­pei­tos dos aten­ta­dos de Pa­ris, que fez pe­lo me­nos 129 mor­tos. O pri­mei­ro é mes­mo o ale­ga­do cé­re­bro de to­da a ope­ra­ção.

Mo­lins não deu res­pos­tas con­cre­tas aos jor­na­lis­tas no que to­ca a Aba­a­oud, mas o jor­nal nor­te-ame­ri­ca­no Washington Post avan­ça que o bel­ga mor­reu mes­mo na rus­ga fei­ta pe­las au­to­ri­da­des fran­ce­sas em Saint-De­nis. Os res­tos mor­tais de Aba­a­oud es­ta­rão nos es­com­bros do apar­ta­men­to, mas ain­da não fo­ram iden­ti­fi­ca­dos. O ca­dá­ver de uma mu­lher que se fez ex­plo­dir com um co­le­te ar­ma­di­lha­do tam­bém “não es­tá em con­di­ções de ser iden­ti­fi­ca­do”, ex­pli­cou o pro­cu­ra­dor. A ope­ra­ção fei­ta em Saint-De­nis, pa­ra cap­tu­rar Aba­a­oud, le­vou ain­da à de­ten­ção de oi­to pre­su­mí­veis ter­ro­ris­tas.

En­tre­tan­to, Fran­çois Hol­lan­de avi­sou on­tem que o Es­ta­do Is­lâ­mi­co (EI) quer “des­ti­lar, atra­vés das pró­pri­as mor­tes, o ve­ne­no da sus­pei­ta, da es­tig­ma­ti­za­ção, da di­vi­são”. “Não ce­dam à ten­ta­ção de se vin­ga­rem, não ce­dam ao me­do nem aos ex­ces­sos”, pe­diu o pre­si­den­te gau­lês, no Par­la­men­to fran­cês.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.