PS vi­a­bi­li­za com­pro­mis­sos

AR. O pro­je­to de re­so­lu­ção do PSD e CDS so­bre a afir­ma­ção dos prin­ci­pais com­pro­mis­sos eu­ro­peus de Por­tu­gal de­ve­rá ser apro­va­do ho­je com a abs­ten­ção da ban­ca­da so­ci­a­lis­ta.

Metro Portugal (Lisbon) - - JORNAL -

Es­ta po­si­ção do PS foi trans­mi­ti­da à agên­cia Lusa por fon­te da di­re­ção da ban­ca­da so­ci­a­lis­ta e vai per­mi­tir a vi­a­bi­li­za­ção des­ta re­so­lu­ção con­jun­ta de so­ci­al-de­mo­cra­tas e cen­tris­tas, que de­ve­rá ter os vo­tos con­tra do BE, PCP e “Os Ver­des”.

A ban­ca­da so­ci­a­lis­ta vo­ta­rá a favor de um se­gun­do pro­je­to de re­so­lu­ção apre­sen­ta­do pe­lo PSD e CDS, es­te so­bre ori­en­ta­ções fun­da­men­tais da po­lí­ti­ca ex­ter­na por­tu­gue­sa (NATO, re­la­ções tran­sa­tlân­ti­cas e Co­mu­ni­da­de de Paí­ses de Lín­gua Por­tu­gue­sa), que se­rá dis­cu­ti­do e vo­ta­do em ple­ná­rio tam­bém ho­je.

Um mem­bro da di­re­ção do Gru­po Par­la­men­tar so­ci­a­lis­ta re­fe­riu que o PS nun­ca co­lo­cou em cau­sa o res­pei­to pe­los com­pro­mis­sos eu­ro­peus de Por­tu­gal, mas dis­cor­da da “ce­le­bra­ção que PSD e CDS fa­zem so­bre o po­si­ci­o­na­men­to do atu­al Go­ver­no por­tu­guês pe­ran­te as prin­ci­pais ques­tões eu­ro­pei­as”. “Dis­cor­da­mos de uma ce­le­bra­ção des­se po­si­ci­o­na­men­to de pas­si­vi­da­de em re­la­ção aos ca­mi­nhos da União Eu­ro­peia”, acres­cen­tou.

PS, PCP, BE e PEV não com­pa­re­ce­ram on­tem na reu­nião do gru­po de tra­ba­lho pro­pos­to pe­lo pre­si­den­te da As­sem­bleia da Re­pú­bli­ca (AR) pa­ra dis­cu­tir a even­tu­al evo­ca­ção par­la­men­tar do 25 de no­vem­bro de 1975, pro­pos­ta por PSD e CDS-PP. Es­tes par­ti­dos fi­ze­ram uma in­ter­pe­la­ção à me­sa no iní­cio do ple­ná­rio da AR, vin­can­do o seu pro­tes­to pe­la au­sên­cia de re­pre­sen­tan­tes da es­quer­da na reu­nião do gru­po de tra­ba­lho, pre­si­di­do pe­lo so­ci­a­lis­ta Jorge La­cão (que es­te­ve pre­sen­te), no que con­si­de­ra­ram ser um des­res­pei­to por uma de­ci­são do lí­der do par­la­men­to, Edu­ar­do Fer­ro Rodrigues.

© LUSA

O PS pe­diu ao PSD e CDS-PP que “se ha­bi­tu­em” ao no­vo qua­dro par­la­men­tar, a pro­pó­si­to da in­ter­rup­ção vo­lun­tá­ria da gra­vi­dez, após crí­ti­cas às pri­o­ri­da­des so­ci­a­lis­tas em iní­cio de le­gis­la­tu­ra.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.