Os “hac­kers” são he­róis ou vi­lões?

TV. “Mr. Ro­bot” é a sé­rie do mo­men­to. A his­tó­ria de um gru­po de piratas in­for­má­ti­cos a ten­tar equi­li­brar as con­tas da so­ci­e­da­de. A atriz Carly Chai­kin ex­pli­ca o su­ces­so e a atu­a­li­da­de.

Metro Portugal (Lisbon) - - CULTO - BRU­NO MAR­TINS

É cu­ri­o­so es­tar a fa­lar com Carly Chai­kin por es­tes di­as. Em “Mr. Ro­bot”, a sé­rie que es­tá a fa­zer um enor­me su­ces­so nos EUA e que pas­sa às sex­tas-fei­ras no ca­nal TVSe­ri­es, a atriz in­ter­pre­ta o pa­pel de Dar­le­ne, uma pi­ra­ta in­for­má­ti­ca que tra­ba­lha nu­ma mis­te­ri­o­sa equi­pa – a “fso­ci­ety” -– que quer des­truir par­te do sis­te­ma fi­nan­cei­ro mun­di­al, pe­lo me­nos aque­la que con­tro­la os sis­te­mas de cré­di­tos que, diz a per­so­na­gem “Mr. Ro­bot”, in­ter­pre­ta­da por Ch­ris­ti­an Sla­ter, des­trui­ria to­dos os re­gis­tos de hi­po­te­cas e em­prés­ti­mos.

Ora, nes­tes di­as tris­tes pa­ra um mun­do ame­a­ça­do pe­lo ter­ro­ris­mo, uma voz co­le­ti­va fez-se ele­var em jei­to de ame­a­ça aos que es­tão do lado do ter­ror: de­pois do mas­sa­cre de Pa­ris, há uma semana, o co­le­ti­vo de hac­kers de­no­mi­na­do Anony­mous anun­ci­ou que le­va­rá a ca­bo uma ofen­si­va in­for­má­ti­ca con­tra o Es­ta­do Is­lâ­mi­co. As guer­ras do fu­tu­ro ga­nham no­vas trin­chei­ras: as sa­las dos piratas in­for­má­ti­cos, que po­dem ser um du­plo pivô nes­tas jo­ga­das. “Os hac­kers po­dem ser os no­vos ter­ro­ris­tas, mas tam­bém po­dem ser os no­vos he­róis”, diz-nos Carly. “Têm mui­to po­der e acho que nem te­mos no­ção da­qui­lo que são ca­pa­zes de fa­zer. Ago­ra, tu­do de­pen­de da for­ma co­mo que­rem usar es­se po­der”, aler­ta.

Em “Mr. Ro­bot”, Carly tra­ba­lha com a po­de­ro­sa per­so­na­gem de Ch­ris­ti­an Sla­ter, que ten­ta re­cru­tar El­li­ot Al­der­son (in­ter­pre­ta­do pe­lo ator Ra­mi Ma­lek), um en­ge­nhei­ro in­for­má­ti­co que tra­ba­lha em se­gu­ran­ça in­for­má­ti­ca du­ran­te o dia, mas que, à noi­te, fru­to de uma per­so­na­li­da­de des­fo­ca­da e in­cons­tan­te, viola re­des in­for­má­ti­cas ape­nas com o pro­pó­si­to de con­se­guir in­te­grar-se na so­ci­e­da­de que o ro­deia. Te­mos aqui uma es­pé­cie de Ro­bin(s) dos Bos­ques dos tem­pos mo­der­nos, em que o ar­co e a fle­cha são te­cla­dos de com­pu­ta­do­res.

“Não ti­nha es­ta no­ção. Nun­ca ti­nha pen­sa­do na tec­no­lo­gia e na pi­ra­ta­ria in­for­má­ti­ca des­ta for­ma. Es­ta per­so­na­gem abriu-me um bo­ca­di­nho os olhos pa­ra es­te mun­do”, con­ta. No ca­so par­ti­cu­lar de Dar­le­ne, Carly tem cer­te­za de que “não se tra­ta de uma vi­lã”: “Po­de­mos es­tar a fa­zer uma coi­sa que aos olhos de ou­tros é má, mas pa­ra ti é a cau­sa cor­re­ta. Ela só es­tá a ten­tar aju­dar as pes­so­as. Tem bo­as in­ten­ções, mas, no fu­tu­ro, tam­bém po­de vir a ser tu­do com o que fi­ca: ape­nas bo­as in­ten­ções.”

Va­mos ver. “A Dar­le­ne é uma per­so­na­gem mui­to in­te­res­san­te. Mui­to in­te­li­gen­te e su­per­fo­ca­da na sua mis­são. Há mui­tas ca­ma­das que vão sen­do des­co­ber­tas ao lon­go da tem­po­ra­da” e, even­tu­al­men­te, di­ze­mos nós, al­gu­ma ten­são ro­mân­ti­ca com a per­so­na­gem El­li­ot. Per­gun­ta­mos a Carly se exis­te es­sa pos­si­bi­li­da­de e se é pos­sí­vel o amor en­tre dois piratas in­for­má­ti­cos, sem pre­ju­di­car o ob­je­ti­vo de fa­zer co­lap­sar o sis­te­ma de cré­di­to mun­di­al. Carly lim­pa a gar­gan­ta e ri-se: “Eles têm o mes­mo ob­je­ti­vo e con­se­guem re­la­ci­o­nar-se a es­se ní­vel. Que­rem as mes­mas coi­sas. O que pos­so di­zer é que a re­la­ção de­les vai-se des­do­bran­do, epi­só­dio a epi­só­dio.”

Ci­ta­ção “Os hac­kers po­dem ser os no­vos ter­ro­ris­tas ou os no­vos he­róis. Nem te­mos no­ção da­qui­lo que são ca­pa­zes de fa­zer. Mas tu­do de­pen­de da for­ma co­mo que­rem usar es­se po­der”

© 2015 NBCUNIVERSAL ALL RIGHTS RESERVED

“Mr. Ro­bot” é uma sé­rie cri­a­da por Sam Es­mail que con­ta com Ra­mi Ma­lek (à es­quer­da) e Ch­ris­ti­an Sla­ter (à di­rei­ta). Em ci­ma, Carly Chai­kin no pa­pel de Dar­le­ne.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.