Djo­ko­vic ga­nha em Lon­dres e faz his­tó­ria

Ténis. Sér­vio con­quis­ta pe­la quar­ta vez con­se­cu­ti­va o Mas­ters de Lon­dres, o que nun­ca ti­nha acon­te­ci­do. Nú­me­ro um do mun­do ba­teu na fi­nal o suí­ço Ro­ger Fe­de­rer (6-3 e 6- 4).

Metro Portugal (Lisbon) - - SPORT -

No­vak Djo­ko­vic pre­ci­sou de ape­nas uma ho­ra e 20 mi­nu­tos pa­ra ba­ter Fe­de­rer, ter­cei­ro da hi­e­rar­quia, ten­do festejado o quin­to Mas­ters da sua car­rei­ra, após uma du­pla fal­ta do hel­vé­ti­co.

Além do pré­mio mo­ne­tá­rio de cer­ca de 2 M€, Djo­ko­vic tor­nou-se no pri­mei­ro jo­ga­dor da his­tó­ria a ven­cer o tor­neio de fi­nal de tem­po­ra­da qua­tro ve­zes con­se­cu­ti­vas. O sér­vio levantou o tro­féu pe­la pri­mei­ra vez em 2008.

O te­nis­ta, de 28 anos, des­pe­de-se des­te ano de 2015 com 11 tí­tu­los no bol­so, in­cluin­do três Grand Slams, ten­do ape­nas fa­lha­do em Ro­land Gar­ros, Fran­ça, em que per­deu na fi­nal fren­te ao suí­ço Sta­nis­las Wa­wrin­ka.

“Ob­vi­a­men­te, es­tou mui­to or­gu­lho­so do que con­se­gui. Foi uma épo­ca lon­ga, mas a me­lhor da mi­nha vi­da. Sem o apoio da mi­nha equi­pa e da mi­nha fa­mí­lia não es­ta­ria on­de es­tou. Só es­tou a ten­tar des­fru­tar o mo­men­to”, afir­mou Djo­ko­vic na ce­ri­mó­nia da en­tre­ga do tro­féu.

Ape­sar da der­ro­ta na O2 Are­na lon­dri­na, Fe­de­rer, de 34 anos, con­ti­nua a ser re­cor­dis­ta de tí­tu­los em Mas­ters (2003, 2004, 2006, 2007, 2010 e 2011) e es­pe­ra-se que ter­mi­ne o ano na se­gun­da po­si­ção do ran­king ATP.

© REU­TERS

Djo­ko­vic ven­ceu on­tem Fe­de­rer na fi­nal do Mas­ters de Lon­dres. Nos jo­gos en­tre os dois há 22 vi­tó­ri­as pa­ra ca­da lado.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.