“Acres­cen­tar mais e me­lhor vi­da ao do­en­te”

Metro Portugal (Lisbon) - - ECONOMIA - NÉL­SON PI­RES M.A.

O que di­fe­ren­cia a Jaba Recordati da con­cor­rên­cia? Os fa­to­res dis­tin­ti­vos pren­dem-se com o nos­so ADN: em­pre­en­de­do­ris­mo e ac­coun­ta­bi­lity, de­di­ca­ção e pro­fis­si­o­na­lis­mo, apli­ca­dos na prá­ti­ca diá­ria na em­pre­sa. O nos­so le­ma é acres­cen­tar mais e me­lhor vi­da aos nos­sos do­en­tes. Que balanço faz de 2015 e quais as

pers­pe­ti­vas pa­ra 2016? A com­pa­nhia cres­ce mais de 8% e pre­ve­mos fa­tu­rar mais de 39 M€. Pa­ra 2016 es­pe­ra­mos mais um ano re­ple­to de de­sa­fi­os. O no­vo pro­du­to pa­ra a dis­fun­ção eré­til, uma pla­ta­for­ma de e-le­ar­ning, a en­tra­da num no­vo mer­ca­do em Áfri­ca.

A re­cen­te apos­ta na in­ter­na­ci­o­na­li­za­ção foi bem-su­ce­di­da? É pa­ra con­ti­nu­ar? Es­ta­mos a se­guir uma es­tra­té­gia cla­ra de di­ver­si­fi­ca­ção de mer­ca­dos e ne­gó­ci­os, bem co­mo en­tra­da em no­vos mer­ca­dos ge­o­grá­fi­cos além da­que­les on­de já es­ta­mos a ope­rar (An­go­la, Mo­çam­bi­que e Ca­bo Ver­de). Co­mo ana­li­sa o pre­sen­te e o fu­tu­ro

da IF? O ano re­sul­tou de al­gu­ma es­ta­bi­li­da­de le­gis­la­ti­va em re­sul­ta­do do acor­do en­tre Api­far­ma e o Go­ver­no do qual so­mos sig­na­tá­ri­os. Es­ta­mos ago­ra ex­pec­tan­tes com o mo­do co­mo fun­ci­o­na­rá o sis­te­ma de ava­li­a­ção de tec­no­lo­gi­as na saúde.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.