Spor­ting man­tém-se na lu­ta

Li­ga Eu­ro­pa. Vi­tó­ria ca­te­gó­ri­ca man­tém Spor­ting na lu­ta pe­lo apu­ra­men­to. Adeus a vá­ri­os fantasmas em Mos­co­vo.

Metro Portugal (Lisbon) - - PRIMEIRA PÁGINA - R.A.C.

Leões fo­ram a Mos­co­vo ven­cer o Lo­ko­mo­tiv por 4-2

Quan­do Mai­con fez 1-0 pa­ra o clu­be dos fer­ro­viá­ri­os da ca­pi­tal rus­sa, aos cin­co mi­nu­tos, não se adi­vi­nha­va na­da de fa­mo­so pa­ra os leões.

A per­der ce­do, num jo­go em que o mais cer­to era ter de ga­nhar – já lá va­mos –, o Spor­ting pre­ci­sa­va de mar­car pe­lo me­nos dois go­los sem en­cai­xar ou­tro. Is­to pe­ran­te uma fren­te ge­la­da (qua­tro graus Cel­sius ne­ga­ti­vos ao api­to ini­ci­al).

Não foi as­sim: foi me­lhor. Confiante, o Spor­ting não se mos­trou afe­ta­do e par­tiu pa­ra uma re­cu­pe­ra­ção só ao al­can­ce de uma gran­de equi­pa. Ou de um com­boio de al­ta ve­lo­ci­da­de (TGV) que abal­ro­ou uma co­mum lo­co­mo­ti­va.

Com um fu­te­bol ren­di­lha­do e mui­ta gen­te a mo­vi­men­tar-se na fren­te, o Spor­ting cri­a­va vá­ri­as li­nhas de pas­se. Em re­sul­ta­do dis­so, go­los de Mon­te­ro, Ruiz e Gel­son. A re­en­tra­da rus­sa foi fe­roz. Al­gu­ma coi­sa o ter­cei­ro da Li­ga rus­sa – à fren­te do Ze­nit – te­ria de mos­trar. Mas Matheus aca­bou com a dis­cus­são ao fa­zer o 4-1. No fim, um triun­fo por 4-2 que se re­ve­lou mes­mo ne­ces­sá­rio, pois o Be­sik­tas ga­nhou ao Skën­der­beu (2-0). As­sim, o Spor­ting (7p) apu­ra-se se ven­cer os tur­cos (9) na úl­ti­ma ron­da, em Al­va­la­de. O Lo­ko­mo­tiv (8p) per­deu a van­ta­gem no con­fron­to di­re­to com os leões.

LUSA

Ins­pi­ra­do, Mon­te­ro abriu o ati­vo e fez du­as as­sis­tên­ci­as na noi­te em que aca­bou o “pé frio” le­o­ni­no em vi­si­tas eu­ro­pei­as (pri­mei­ra vi­tó­ria em 18 jo­gos) e na Rús­sia (pri­mei­ro triun­fo).

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.