Lis­boa é tu­do is­to

Metro Portugal (Lisbon) - - LAZER -

Lis­boa de há uns tem­pos a es­ta par­te pa­re­ce ter si­do des­co­ber­ta por gen­te de vá­ri­as par­tes do mun­do que nos vem vi­si­tar e que sai de cá en­can­ta­dos com a nos­sa be­la ca­pi­tal. Lis­boa é en­can­ta­do­ra com o seu Cas­te­lo de São Jorge, per­ma­nen­te sen­ti­ne­la das su­as se­te co­li­nas. Lis­boa é tam­bém um tí­pi­co con­jun­to de “al­dei­as por­tu­gue­sas”: Al­fa­ma, Mou­ra­ria, Bair­ro Al­to e Ma­dra­goa. Lis­boa é a Sé, é o Te­jo, e é o azul in­con­fun­dí­vel do seu “te­to” (leia-se céu). Lis­boa é o seu sol, e é o chei­ro da sar­di­nha as­sa­da, que pai­ra no ar da ci­da­de em di­as de ve­rão. Lis­boa é tam­bém o ca­lor, o per­fu­me e o paladar da cas­ta­nha as­sa­da, que con­for­ta a al­ma e o estô­ma­go em di­as de ou­to­no e in­ver­no. Lis­boa é a es­pi­ri­tu­o­sa gin­gi­nha “com elas”, é o fa­do e a sua gen­te hos­pi­ta­lei­ra. Lis­boa é uma lin­da Prin­ce­sa bei­ja­da pe­lo Te­jo. Lis­boa é tu­do is­to, e é tam­bém o meu or­gu­lho.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.