O ANO DO AN­CIÃO

Metro Portugal (Lisbon) - - CULTO - BRU­NO MAR­TINS

te­mas de “Se­gun­do o An­cião”. É im­por­tan­te pa­ra si dei­xar es­sa mar­ca nos ou­vin­tes? Nes­te pla­ne­ta to­dos te­mos pon­tos co­muns. Ins­pi­ro-me mui­to em ex­pe­ri­ên­ci­as pessoais e es­cre­vo tex­tos mui­to pessoais, mas que po­dem tor­nar-se pessoais pa­ra ou­tros que po­dem es­tar a pas­sar pe­lo mes­mo ou pos­sam já ter pas­sa­do. Quan­do me de­vol­vem es­ses ex­cer­tos de le­tras, sin­to que es­sas pes­so­as en­ten­de­ram a pro­fun­di­da­de que quis co­lo­car nos ver­sos. É mui­to im­por­tan­te con­se­guir sen­tir es­sa iden­ti­fi­ca­ção, qua­se co­mo se to­cas­se ne­las. Es­ta di­gres­são con­tou com ban­da ao vi­vo. Por ser um ál­bum tão ín­ti­mo e pes­so­al tam­bém quis ter em pal­co con­si­go um som mais quen­te e or­gâ­ni­co? Era um so­nho que já ti­nha há mui­to tem­po. Sen­ti que era a al­tu­ra de in­cluir es­se lado or­gâ­ni­co, co­mo tam­bém já fa­ço em es­tú­dio. Sem­pre que é pos­sí­vel, le­vo a ban­da co­mi­go. Ga­nha mui­to mais vi­da. Es­te ano co­me­çou tam­bém a des­ven­dar aqui­lo que po­de vir a ser 2016. A co­me­çar pe­lo dis­co que es­tá a pre­pa­rar com Sam The Kid. É pa­ra quan­do? Já gra­vá­mos mais de 60/70% do dis­co. Fal­ta­vam al­guns ingredientes na pro­du­ção, en­tão con­vi­dá­mos um pro­du­tor nor­te-ame­ri­ca­no e con­se­gui­mos tra­zê-lo cá no ve­rão. Nes­te mo­men­to es­ta­mos de­bru­ça­dos a es­cre­ver so­bre as ba­ses ins­tru­men­tais E em 2016 ce­le­bram-se 20 anos dos De­a­le­ma. O que vai acon­te­cer? Es­ta­mos a pre­pa­rar um DVD bi­o­grá­fi­co, com en­tre­vis­tas com pes­so­as que fo­ram par­ti­ci­pan­do na his­tó­ria da ban­da ao lon­go des­tes 20 anos. Mú­si­cos, pes­so­as de edi­to­ras, jor­na­lis­tas, téc­ni­cos de es­tú­dio... va­mos fa­zer ain­da um dis­co à ima­gem dos De­a­le­ma pa­ra acom­pa­nhar o DVD!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.