Ho­ras

Metro Portugal (Lisbon) - - LAZER - ARIS­TI­DES TEI­XEI­RA

Na se­gun­da me­ta­de do sé­cu­lo pas­sa­do, o ho­rá­rio de tra­ba­lho, sal­vo as ób­vi­as ex­ce­ções, era das 9h às 13h e das 15h às 19h, de se­gun­da a sex­ta. De­pois foi sen­do al­te­ra­do e ho­je não exis­te uma re­fe­rên­cia. Ca­sos de tra­ba­lha­do­res ob­te­rem ape­nas fol­ga se­ma­nal e 30m pa­ra co­mer (...). Até sei de ca­sos em em­pre­sas se­mi­pú­bli­cas que im­põem a jor­na­da la­bo­ral das 8h às 24h, co­mo se fos­se ra­zoá­vel exi­gir a mes­ma ca­pa­ci­da­de pro­du­ti­va após uma de­ze­na de ho­ras no de­sem­pe­nho de ta­re­fas. Gen­te exaus­ta não é ren­tá­vel. Ver­da­de ab­so­lu­ta e uni­ver­sal. E os em­pre­ga­do­res sa­bem-no. Ou se­rá uma ma­ni­gân­cia pa­ra des­pe­dir por in­com­pe­tên­cia?

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.