Jérôme Valc­ke des­pe­di­do

Fu­te­bol. Se­cre­tá­rio- ge­ral da FIFA foi de­mi­ti­do. Prin­ci­pais di­ri­gen­tes da ins­ti­tui­ção que re­ge o fu­te­bol mun­di­al têm si­do afas­ta­dos, na sequên­cia do es­cân­da­lo de cor­rup­ção.

Metro Portugal (Lisbon) - - SPORT -

O bra­ço di­rei­to, des­de 2007, do suí­ço Jo­seph Blat­ter, pre­si­den­te da FIFA sus­pen­so de to­da a ati­vi­da­de re­la­ci­o­na­da com o fu­te­bol, e nú­me­ro dois da FIFA, Jérôme Valc­ke foi afas­ta­do de­vi­do a um ale­ga­do en­vol­vi­men­to na ven­da de bi­lhe­tes no mercado ne­gro pa­ra o Mun­di­al 2014.

A de­mis­são do se­cre­tá­rio-ge­ral foi on­tem anun­ci­a­da pe­la FIFA, de­pois de o Co­mi­té de Emer­gên­cia ter aber­to na quin­ta-fei­ra um pro­ces­so for­mal con­tra o di­ri­gen­te fran­cês e um dia após lhe ter pro­lon­ga­do por mais 45 di­as a sus­pen­são – es­ta­va sus­pen­so des­de ou­tu­bro.

Bar­ry Ber­ke, ad­vo­ga­do, diz que o seu cli­en­te, Valc­ke, “es­tá or­gu­lho­so de tu­do o que fez no seu man­da­to, du­ran­te o qual fo­ram con­cre­ti­za­das as mais bem-su­ce­di­das edi­ções da his­tó­ria dos Mundiais, na Áfri­ca do Sul e no Bra­sil”. Ber­ke acres­cen­tou que Valc­ke “es­tá con­fi­an­te” e acre­di­ta que “o fu­tu­ro lhe da­rá ra­zão” e “re­co­nhe­ce­rá o seu con­tri­bu­to pa­ra a his­tó­ria do fu­te­bol”.

Valc­ke, an­ti­go jor­na­lis­ta do Ca­nal+, in­te­grou a FIFA em 2003, no mar­ke­ting, mas o pre­si­den­te Jo­seph Blat­ter, em 2007, pro­mo­veu-o a nú­me­ro dois da hi­e­rar­quia. On­tem, foi afas­ta­do, en­gros­san­do a lis­ta de al­tos di­ri­gen­tes que es­tão a ser li­ga­dos a ca­sos de cor­rup­ção, co­mo o suí­ço Jo­seph Blat­ter (ain­da pre­si­den­te da FIFA) e o fran­cês Mi­chel Pla­ti­ni (pre­si­den­te da UEFA).

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.