Sin­to­mas de en­far­te são des­va­lo­ri­za­dos

Na­ci­o­nal. Mai­o­ria das ví­ti­mas de En­far­te Agu­do do Mi­o­cár­dio não pres­tam a de­vi­da aten­ção a si­nais da do­en­ça – dor de pei­to é o mais co­mum. An­gi­o­plas­ti­as pri­má­ri­as, o tra­ta­men­to mais efi­caz, tri­pli­ca­ram des­de 2002

Metro Portugal (Lisbon) - - PRIMEIRA PÁGINA - PATRÍCIA TADEIA

O nú­me­ro de an­gi­o­plas­ti­as pri­má­ri­as – o tra­ta­men­to mais efi­caz pa­ra o ti­po mais fre­quen­te de En­far­te Agu­do do Mi­o­cár­dio – tri­pli­cou des­de 2002. Os da­dos são da ini­ci­a­ti­va “Stent for Li­fe”, tra­zi­da pa­ra Por­tu­gal pe­la As­so­ci­a­ção Por­tu­gue­sa de In­ter­ven­ção Car­di­o­vas­cu­lar (APIC).

“Em 2002, re­a­li­za­vam-se 106 an­gi­o­plas­ti­as por mi­lhão de ha­bi­tan­tes, nú­me­ro que era de 299 em 2011 e de 353 em 2014”, con­clui a cam­pa­nha. Mas a mai­o­ria dos do­en­tes que so­fre um en­far­te des­va­lo­ri­za os sin­to­mas, atra­san­do o iní­cio do tra­ta­men­to: “59% dos do­en­tes com en­far­te não li­gam pa­ra o 112 e 44% di­ri­gem-se por pró­pri­os mei­os a hos­pi- tais que não dis­põem de con­di­ções pa­ra fa­zer a an­gi­o­plas­tia pri­má­ria”.

“Além do des­co­nhe­ci­men­to ge­ne­ra­li­za­do dos si­nais, aque­les que os co­nhe­cem têm uma per­ce­ção de que os sin­to­mas são mais exu­be­ran­tes do que aque­les que es­tão a sen­tir”, re­fe­re Hél­der Pe­rei­ra, car­di­o­lo­gis­ta e co­or­de­na­dor da ini­ci­a­ti­va “Stent for Li­fe” em Por­tu­gal.

A dor no pei­to é o sin­to­ma mais co­mum, e é mui­tas ve­zes des­cri­ta co­mo uma sen­sa­ção de aper­to, pres­são ou ar­dor. Po­de ocor­rer nou­tras par­tes do cor­po (bra­ço es­quer­do, pes­co­ço ou quei­xo) e é acom­pa­nha­da de fal­ta de ar, náu­se­as, vó­mi­tos, su­o­res e an­si­e­da­de.

HU­GO RAI­NHO

Mais de me­ta­de dos do­en­tes – 59% – atra­sa iní­cio do tra­ta­men­to por­que “não li­ga pa­ra o 112” e 44% “di­ri­gem-se pe­los pró­pri­os mei­os pa­ra hos­pi­tais que não dis­põem de con­di­ções”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.